Prefeitura realiza ações de prevenção a alagamentos na Lagoa da Cavada

Publicidade 2
A Rua Pastor Manoel Góes é uma das vias que já foram recuperadas na Lagoa da Cavada

Com grande área de ocupação residencial, a Bacia da Lagoa da Cavada é uma das regiões  com maiores problemas  de saneamento em Alagoinhas. Ao longo dos anos, a drenagem natural da  lagoa foi  prejudicada com a ocupação desordenada,  o que afetou muitos dos seus trechos, criando barramentos com ruas e casas, além do seu intenso assoreamento. Uma das implicações decorrentes da degradação do solo são os alagamentos que se repetem de forma sistemática na região, em períodos chuvosos.

Para mudar de forma definitiva a triste realidade de alagamentos vivenciados há décadas por centenas de moradores da região, a prefeitura municipal, por meio da Secretaria de Infraestrutura (SECIN), desenvolveu o projeto executivo do Sistema de Macrodrenagem . O sistema consiste num conjunto de estruturas  a serem implantado nas ruas Rio Branco, Travessa Djalma de Morais, Rua B( Inocoop I), Rua Dantas Bião e Rua José Tiago Correa, o que irá disciplinar o escoamento superficial por meio de canalização das águas pluviais.A obra será executada com recursos do tesouro e financiamento, somando um investimento de R$ 8.793.361,83.

De acordo com o Secretário de Infraestrutura, André Carvalho, o projeto se encontra em fase de licitação e será publicado até setembro deste ano. “A SECIN desenvolveu um projeto de macrodrenagem que resolverá definitivamente o problema de alagamentos na região, mas a duas licitações que fizemos não lograram êxito, e em setembro, refaremos o processo”, explicou o secretário, que também citou diversas outras medidas preventivas que estão sendo tomadas pela prefeitura. “Já fizemos a pavimentação do trecho que compreende a Rua Pastor Manoel Góes, para evitar erosão e assoreamento da Lagoa, e também estamos programando para o mês de setembro, em parceria com a SEDEA e SESEP,  a limpeza e desassoreamento da lagoa”, afirmou André Carvalho.

Deixe uma resposta