Policlínica Regional de Saúde em Itabuna será inaugurada mo início de 2019

Publicidade 2

As obras da Policlínica Regional de Saúde de Itabuna foram inspecionadas pelo secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que esteve no local acompanhado do prefeito do município, Fernando Gomes. “A parte fundamental da obra, que era elevar o nível do terreno e terraplanagem, já foi concluída. Agora, começam as fundações e, no ritmo que as outras policlínicas estão sendo conduzidas em todo o Estado, acreditamos que em dez meses a obra seja entregue a população”, disse o getor estadual. A previsão de inauguração da unidade é no primeiro semestre de 2019.

O investimento do Governo do Estado é de mais de R$ 27 milhões entre obras, equipamentos e a aquisição de 16 micro ônibus para atender 31 municípios, de acordo com o secretário. Ele falou, ainda, sobre o objetivo do compromisso de ampliar e descentralizar o acesso aos serviços de Saúde em toda a Bahia. “As policlínicas regionais contribuem para reduzir o vazio assistencial de média complexidade, ampliar o diagnóstico das doenças crônicas e degenerativas, tornando-o mais precoce, além de melhorar a resolutividade da saúde pública”.

Entre as novidades desta política na área da Saúde, ressaltou Vilas-Boas, está a forma de gestão compartilhada entre o governo estadual, que financia 40% dos custos mensais, e os municípios consorciados, que vão cobrir os 60% restantes proporcionalmente à população. Os municípios participantes do consórcio são Almadina, Arataca, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Firmino Alves, Floresta Azul, Gongogi, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajú do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Itororó, Jussari, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Potiraguá, Santa Cruz da Vitória, Santa Luzia, São José da Vitória, Una, Uruçuca e Aurelino Leal.

Uma variedade de especialidades médicas estará disponível para a população, entre as quais Angiologia, Cardiologia, Endocrinologia, Gastrenterologia, Neurologia, Ortopedia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Ginecologia/Obstetrícia, Mastologia e Urologia. Diversos exames também serão oferecidos, com destaque para ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, eletromiografia, raio-x, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, nasolaringoscopia, colposcopia, entre outros, ligados às especialidades de oftalmologia. Também serão realizados procedimentos como vasectomia, cauterização, pequenas cirurgias e cuidados com o pé diabético, além de biópsias de mama, tireoide, próstata, dérmica, gastroenteral, dentre outras.

Fonte: A Tarde

Deixe uma resposta