Professores da Uneb iniciam paralisação de cinco dias e universidade amanhece com portões fechados

Publicidade 2

Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) iniciaram, na manhã desta segunda-feira (6), um protesto de cinco dias. Com isso, os portões do campus no bairro do Cabula, em Salvador, amanheceram fechados.

A categoria reivindica maior orçamento para Educação, manutenção da passagem intermunicipal para docentes e melhorias de infraestrutura. O site tentou contato com a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) e com a Uneb, mas ainda não obteve resposta.

De acordo com a Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb), os 24 campi da universidade, que ficam em todo o estado, participam do protesto.

No Cabula, os professores fazem panfletagem em frente à instituição na manhã desta segunda. A Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) informou que a atividade não interrompe o trânsito na região.

A Aduneb informou ainda que atividades culturais acontecerão durante toda a manhã, e que os professores vão ter espaço para falar sobre os problemas da Uneb.

Fonte: G1

Deixe uma resposta