DEM oficializa candidaturas

Publicidade 2

Passava das 11h30 quando Irmão Lázaro (PSC), candidato ao Senado na chapa majoritária de José Ronaldo (DEM), postulante ao Palácio de Ondina, entoou à capela o canto gospel de louvor e adoração que deu início à convenção do partido Democratas, realizada nesta sexta-feira, 3, no auditório do Fiesta Convention Center.

Com um público composto por lideranças políticas, líderes comunitários, vereadores, secretários municipais e partidaristas oriundos de diversas cidades do interior e da capital, foram conhecidos oficialmente os candidatos ao Senado e aos cargos de deputados federais e estaduais da chapa, que garantiu alianças com dez partidos, dentre os quais PSDB, PRB, PSC, Partido Solidariedade, PV, PHS, PPS, e PTB.

Na ocasião, a médica sindicalista Mônica Bahia foi apresentada como candidata a vice-governadora, enquanto o prefeito de Salvador ACM Neto (DEM) mandou um recado para o atual governador da Bahia, Rui Costa (PT): “Não sou candidato, mas escolhi alguém que vai te derrotar!”. Conhecido pela postura política pacífica e discreta, José Ronaldo mudou o tom e acompanhou o seu correligionário: “Digo aos senhores que jamais serei confundido com dinheiro de Fonte Nova, jamais acontecerá isso comigo. Podem ter certeza que jamais serei confundido com dezenas e dezenas de relógios caríssimos. Jamais serei confundido com acordo com empresas públicas para financiar campanhas políticas”.

O deputado federal Irmão Lázaro, do Partido Socialista Cristão (PSC), candidato ao Senado na Chapa Democrata, iniciou os trabalhos da convenção com uma pregação cristã e exaltou o trabalho realizado por José Ronaldo durante os quatro mandatos como prefeito de Feira de Santana. Em seguida, o outro candidato à Câmara alta, o deputado federal Jutahy Júnior (PSDB), afirmou que José Ronaldo tem uma vida pública absolutamente correta e disse acreditar que ele pode surpreender muita gente.

Ataques

A convenção do DEM foi marcada por uma série de ataques ao atual governador Rui Costa (PT), candidato à reeleição nas eleições de outubro, proferidos inicialmente por ACM Neto e endossados por José Ronaldo.

Neto afirmou que o compromisso com a construção da vitória de José Ronaldo passa a ser o seu maior compromisso de vida. “Dedicarei toda minha energia e minha capacidade de trabalho em prol”, destacou. Apesar de ser considerado o governador brasileiro que mais cumpriu as promessas de campanha, em pesquisa realizada e divulgada recentemente pelo portal de notícias G1, Rui Costa foi acusado pelo prefeito de Salvador de ter vitimado o estado. “Vítima da enganação, de um governo que nos deixou infelizmente numa situação que faz com que os baianos não tenham orgulho da sua terra”, considera Neto.

De acordo com o gestor da capital baiana, José Ronaldo reúne mais condições para ser governador do que o próprio. “José Ronaldo é igual a mim, governa nas ruas, junto com o povo”, frisou.

O candidato ao governo do estado José Ronaldo explanou sua trajetória política iniciada como vereador em Feira de Santana. Posteriormente, ele foi deputado estadual e federal e eleito prefeito da segunda maior cidade do estado por quatro mandatos. Com um tom exaltado, ele disse já ter enfrentado muitas eleições contra o poder, em referência ao principal adversário Rui Costa (PT). “Mas o poder nunca me venceu!”, salientou.

“Essa luta que muitos dizem que é um desafio de Davi contra Golias podem ter certeza que Davi não vai esmorecer, não faltará garra, determinação e coragem para vencer Golias”, declarou José Ronaldo.

Candidata a vice-governadora, a médica Mônica Bahia falou rapidamente da suas experiências profissionais e da atuação no sindicato da categoria e declarou que vai atuar principalmente no campo da saúde, caso vençam a eleição.

A convenção do Democratas foi finalizada com todos os candidatos no palanque reproduzindo, aos gritos, a frase “fora PT”, iniciada por Mônica Bahia.

Fonte: A Tarde

Deixe uma resposta