DEM oficializa apoio a Alckmin à Presidência da República

Publicidade 2
José Cruz/Agência Brasil/Agência Brasil

Em convenção nacional, o Democratas (DEM) oficializou hoje (2) o apoio à pré-candidatura do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência da República. Os partidos que compõem o chamado Centrão, formado por DEM, PP, PRB, PR e Solidariedade, confirmaram o apoio ao tucano na semana passada.

Presente na convenção, Alckmin disse que o nome do vice-presidente na sua chapa será divulgado na Convenção Nacional do PSDB, marcada para este sábado (4), em Brasília. O ex-governador agradeceu o apoio e a confiança do Democratas ao seu nome. “Vamos fazer juntos uma grande campanha”.

Alckmin disse que o foco do seu programa de governo será a retomada do emprego. “O Brasil é um país vocacionado para crescer, mas para crescer precisa ter confiança”. Ele afirmou que, se eleito, vai trabalhar para que o Brasil receba investimentos voltados à retomada econômica.

Segundo o presidente nacional do DEM, ACM Neto, o candidato tucano vai mostrar que é possível ter esperança de fazer boa política, em uma campanha que será muito disputada. “Seremos decisivos para a sua vitória e para, ao seu lado, transformar o Brasil”, disse ACM Neto a Alckmin em seu discurso.

O presidente do DEM ressaltou que, a partir do próximo ano, o Brasil vai viver “momentos difíceis e que medidas duras terão que ser tomadas”, com responsabilidade fiscal e equilíbrio das contas públicas. “Temos que ser sinceros desde a campanha”, acrescentou.

Ao chegar à convenção, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que já há consenso para o nome do vice-presidente na chapa de Alckmin, mas não divulgou o escolhido. Segundo ACM Neto, o vice-presidente da chapa virá do bloco denominado centro democrático.

Atualmente, a bancada do DEM no Congresso Nacional tem 43 deputados federais e cinco senadores.

Por Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil

Deixe uma resposta