Retrospectiva: Mais de 200 obras por todo o município

Publicidade 2

Em um ano e meio de gestão do prefeito Joaquim Neto, por meio da Secretaria de Infraestrutura (SECIN), obras foram retomadas, muitas concluídas e outras novas e importantes para o desenvolvimento da cidade foram iniciadas. Alagoinhas voltou a ter manutenção do piso e um novo asfalto começou a ser colocado nas ruas. São mais de 200 obras em andamento ou já realizadas, que incluem pavimentação em asfalto, recapeamento e requalificação de vias urbanas, reforma de prédios públicos, macrodrenagens, microdrenagens, requalificação total de praças, pórticos de entrada da cidade, e em parceria com a Secretaria de Agricultura SEMAG, a requalificação de estradas vicinais. São ações que representam o investimento de R$ 35 milhões.

A prefeitura vem trabalhando em todos os bairros e até o momento, já foram concluídos os pórticos de entrada da cidade em Santa Terezinha, Mangalô, Airton Senna e Boa União, intervenções em diversos trechos no bairro Silva Jardim e Parque Havaí,  pavimentação em  asfalto nas ruas Henrique Dias, Travessa Henrique Dias, 5 de Novembro, Travessa Severino Vieira,  Marechal Floriano e Visconde do Rio Branco, na Santa Terezinha, Leovigildo  Reis, na Praça Kennedy, Inácio Santos, Marcela Bueron, 14 de Janeiro,  Procópio da Silva, Alamedas, Rio Branco e 8 de Dezembro, na Alagoinhas IV , Avenida Airton Sena, Travessa Severino Vieira, Silva Jardim,  Beira Rio, no Riacho da Guia, Jardim Imperial, Joaquim  Nabuco, Rua das Acácias e da Dires, mais de 20 trechos que foram beneficiados com drenagem e pavimentação na Alagoinhas Velha , intervenções no terminal coletivo, desobstrução e alargamento em trechos do Rio do Catu, no centro da cidade, entre outras.

De acordo com o cronograma da SECIN, até dezembro deste ano serão entregues á população as obras de pavimentação asfáltica na Rua Catarina Santos, Bairro Miguel Velho, Vias das Amendoeiras, São Crispim, Padre Araguaia, Avenida Santos Dumont, Avenida Rio Branco e de pavimentação e drenagem no Parque Diesel, travessas Airton Senna, Alagoinhas IV e Alagoinhas Velha, o que representa mais de 50 novas ruas revitalizadas.

O secretário da Infraestrutura, André Carvalho, informou que mais oito grandes obras já estão em fase de projeto, captação de recursos ou já estão com ordens de serviço emitidas.“Desde que entramos, começamos fazer trabalho de limpeza e drenagem, substituição de manilhas e o resultado disso já pode ser visto, o nível de alagamento diminuiu bastante em trechos do centro da cidade e Silva Jardim, por exemplo. Outras medidas importantes da gestão foram a ampliação da nossa equipe técnica, a construção da nova sede da secretaria e a recuperação de recursos de convênios antigos de obras de grande importânciaque já estavam para serem perdidos,como é o caso da macrodrenagem das Poligonais“, explicou o secretário. “É um desafio diário que exige muita dedicação, mas também traz uma grande recompensa que é ver tantas reinvindicações antigas serem atendidas e poder contribuir para a melhoria sensível da qualidade de vida das pessoas“, ressaltou André Carvalho.

Mais qualidade de vida

Dentre as ações realizadas pelo governo municipal, estão obras que têm forte impacto na qualidade de vida da população. No ano passado, os moradores de Alagoinhas Velha receberam a nova Praça Frei Leão totalmente recuperada com novos passeios, piso podotátil, parque infantil, aparelhos de ginástica, nova iluminação e paisagismo. No entorno da Frei Leão também foram realizadas obras de drenagem pluvial e pavimentação que resolveram os graves problemas de alagamento que afetavam a região. A Praça Ruy Barbosa é outro espaço de convivência e lazer que está sendo totalmente requalificado. Até o final do ano, o coração da cidade vai receber uma nova praça com pavimentação, área de alimentação reestruturada, fonte luminosa, paisagismo, iluminação especial, dentre outras benfeitorias.

Em maio deste ano, Alagoinhas também deu mais um passo para a ampliação da oferta de equipamento esportivo de qualidade, com a o início da construção do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), no conjunto Urbis III, da Rua do Catu. O equipamento multiuso oferecerá 22 modalidades, divididas em olímpicas, paraolímpicas e não olímpicas, e servirá para a prática de esportes voltados à iniciação esportiva e ao esporte de alto rendimento, estimulando a formação de atletas, entre crianças e adolescentes, principalmente os que vivem em situação vulnerabilidade social.

Deixe uma resposta