Servidores de Esplanada travam BR-101 em protesto contra corte de salário de grevistas

Publicidade 2
O protesto chegou ao fim às 9h | Foto: Sindserme

Em greve há 45 dias, o Sindicato dos Servidores Municipais de Esplanada (Sindserme) promoveu um protesto na manhã desta quinta-feira (19). Com pneus queimados na entrada da cidade, o grupo de manifestantes travou a BR-101 das 7h às 9h para chamar atenção do prefeito Franco de Aldemir (PRB). Eles acusam a gestão municipal de cortar o salário dos servidores grevistas, mesmo após a Justiça confirmar a legalidade do protesto.

“Ele não se propõe a negociar nem apresentar nenhuma proposta. A gente faz atos de duas horas na BR e, ainda assim, o município age como se nada estivesse acontecendo”, critica Marcelo Magalhães, assessor jurídico do Sindserme, em contato com o Bahia Notícias.

De acordo com o assessor, o sindicato representa todos as categorias de servidores do município, o que inclui setores administrativos, de saúde, educação e outras áreas. Nenhuma delas teve seus pleitos atendidos.

“A nossa proposta inicial é aprovação do Plano de Cargos e Salários, reajuste do piso salarial do professor em 6,81%. Pleiteamos também o enquadramento de jornada na educação de 20 horas pra 40 horas”, pontua Magalhães, destacando que o Sindserme segue sem retorno do prefeito Aldemir.

Ao longo da manhã, foi feita varias tentativas de contato com a prefeitura de Esplanada para ouvir um posicionamento oficial, mas não foi atendido pelo município.

O protesto chegou ao fim às 9h | Foto: Sindserme

Fonte: BN

Deixe uma resposta