Contribuintes de Alagoinhas que possuem dívidas com IPTU, ISS, TFF, TLL entre outros, terão dificuldades para contratar financiamentos e fazer compras a prazo em lojas a partir de 10 de agosto.

A prefeitura vai enviar os nomes dos devedores para inclusão no cadastro de inadimplentes do SPC Brasil, empresa que trabalha com proteção ao crédito.

Segundo o secretário da Fazenda de Alagoinhas, Daniel Grave, o Tribunal de Contas dos Municípios monitora mensalmente e exige das Prefeituras ações e medidas efetivas para diminuição dessa inadimplência, sob pena de responsabilização e punição.

Quem quiser negociar dívidas pode pedir o parcelamento desses débitos em até 60 meses. Em 2018, Alagoinhas inovou e foi primeiro município no Brasil a implantar a opção de pagamento dessas dividas no cartão de crédito em até 12 parcelas.

Redação Se Liga Alagoinhas

 

Publicidade 3