Lideranças políticas de Alagoinhas tratam com o governador sobre fugas da delegacia

Publicidade 2
Com o objetivo de tratar das fugas de presos da delegacia de Alagoinhas, os deputados Joseildo Ramos (PT), Alex Lima (PSB) e João Bacelar (Pode), acompanhados do ex-prefeito Paulo César (PRP), do diretor do Sindipetro Radiovaldo Costa (PT) e mais oito vereadores, estiveram, nesta quinta-feira (19), em audiência com o governador Rui Costa (PT).
Ele explicou que já existem dois novos presídios prontos para serem inaugurados nas cidades de Brumado e Irecê, mas que, por impedimento de uma liminar do Ministério Público do Trabalho, ainda estão fechados. Rui ainda garantiu que, caso a situação não seja regularizada em breve, os presos que estiverem na delegacia de Alagoinhas serão transferidos para o presídio de Feira de Santana.
 
Segundo o deputado Joseildo Ramos, o governador está investindo para impedir que pessoas permaneçam presas por mais de 24 horas em qualquer delegacia na Bahia e garante que não tem outro estado no Brasil que tenha a mesma proporção entre vagas em presídios e apenados. “Temos na Bahia praticamente uma vaga para cada preso. Nossos presídios são suficientes para acomodar a população carcerária. Agora vamos cobrar uma posição do Ministério Público do Trabalho para liberar a inauguração dos dois presídios que resolverão definitivamente o problema”, afirmou.
 
A garantia do governador em relação à transferência dos presos para Feira de Santana deve-se ao fato de que, após a ampliação e reforma do presídio do município, prevista para o dia 26 de julho, mais 300 vagas serão abertas, o que comportará os presos lotados na delegacia de Alagoinhas. “O governador já tem uma solução na mão com o presídio de Feira, mas é provisória. Não vamos descansar enquanto não resolvermos definitivamente o problema com a abertura dos outros dois presídios de Brumado e Irecê”, disse Joseildo.
 
Os vereadores que marcaram presença na audiência com o governador e reforçaram a urgência de uma solução para o pleito foram Luciano Sérgio (PT), Thor de Ninha (PT), Anderson Baqueiro (SD), Caio Ícaro (REDE), José Cleto (PTC), Darlan Lucena (PRP), Gode (PR) e João Henrique Paolilo (Pode).
Assessoria de Comunicação

Deixe uma resposta