Revendedoras denunciam falta gás de cozinha e demonstram preocupação com desabastecimento na Bahia

Publicidade 2
Reprodução

As revendedoras de gás de cozinha da Bahia estão preocupadas com a falta do produto no Estado. Segundo denúncias enviadas ao BNews, a situação pode causar desabastecimento para a população.

Ainda de acordo com a denúncia, o racionamento acontece devido a problemas da Petrobras e vem se arrastando desde à greve dos caminhoneiros. 

Em contato com o Sindigás, a reportagem foi informada que, no início de julho, houve uma redução considerável na oferta de GLP na Bahia por causa da paralisação das atividades em uma das unidades da Refinaria Landulpho Alves-Mataripe (RLAM) devido a  problemas operacionais.

O Sindigás ressaltou que para garantir o abastecimento das cidades baianas, as empresas estão recorrendo a polos de suprimento em Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo. A previsão é que a situação do abastecimento esteja normalizada na próxima semana. 

O sindicato explicou, ainda, que o problema de abastecimento no Estado não tem relação com a paralisação dos caminhoneiros.

Fonte: BNews

Deixe uma resposta