Governo entrega centro cultural revitalizado em Vitória da Conquista

Publicidade 2

A sala principal do Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima, em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, ficou lotada durante a reinauguração do espaço, na noite desta terça-feira (3). O evento foi marcado por apresentação do cantor Xangai, radicado no município. O Governo do Estado investiu R$ 1,5 milhão na reforma e revitalização do centro de cultura.

Com a estrutura preservada, o espaço possui 311 poltronas, uma concha acústica e três salas multiuso, além de um foyeur, que serve como galeria para receber exposições, instalações e outras atividades artísticas. “Vitória da Conquista tem uma tradição cultural extraordinária. É um polo de desenvolvimento e tende a se fortalecer a partir de ações como essa. Temos equipamentos como esse em outras 10 cidades. É preciso revitalizar e dar autonomia a esses equipamentos, inclusive de sustentabilidade”, afirmou Rui, que recebeu o titulo de cidadão conquistense na ocasião.

Para o músico e produtor cultural Carlos Moreno, a reinauguração “representa o resgate da arte local, que estava adormecida. Vitória da Conquista é um celeiro natural de arte e cultura. O centro fez muita falta. Estamos felizes pelo retorno. O apelo da população foi atendido. Nunca é tarde para a gente retomar aquilo que ama”.

Coordenadas pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), as obras incluíram substituição das portas de emergência e instalação em local visível, instalação de barras anti-pânico e de guarda-corpo na sala principal, piso tátil (com adequação às normas de acessibilidade), aquisição de extintores de incêndio, instalação de luminárias de emergência, sinalização retrorrefletiva de emergência, revisão da bomba de recalque, revisão de hidrante e mangueira de incêndio e revisão elétrica.

Os serviços envolveram também pintura, revisão das esquadrias de madeira e vidro, recuperação de piso, telhado e forro da sala de espetáculos, pavimentação da área externa, projeto de paisagismo, revisão do sistema de ar condicionado e substituição de luminárias. Além disso, houve requalificação técnica do espaço, com instalação de novas poltronas, vestimentas cênicas anti-incêndio e equipamentos de iluminação, como mesa de iluminação cênica, dimmer box e lâmpadas cênicas.

Inaugurado oficialmente em março de 1987, o Centro de Cultura Camilo de Jesus Lima fica na terceira cidade mais populosa do estado e com a terceira maior economia do interior da Bahia.

Fotos: Paula Fróes/GOVBA

Deixe uma resposta