12 de julho: confirmado júri do acusado de assassinar Gisele da Mersan, em Alagoinhas

Publicidade 2

Um crime de grande repercussão vai a julgamento. A Vara Criminal do Fórum Desembargador Ezequiel Pondé, em Alagoinhas (BA), confirmou para 12 de julho, a partir das 9h, o júri popular de Vinícius dos Reis Pereira, 27, acusado de ter assassinado a namorada grávida Gisele Cordeiro Reis, 25.

O crime ocorreu em maio de 2012. De acordo com as investigações policiais, na época, Gisele que trabalhava na loja Mersan em Alagoinhas, foi atraída por Vinícius para um motel da cidade, onde foi morta por asfixia. Conforme as investigações policiais, Vinícius matou Gisele porque ela não quis interromper a gravidez de quatro meses. 

 A vítima desapareceu após sair da loja em que trabalhava para encontrar-se com o acusado. A ausência dela no trabalho e em casa, no dia seguinte preocupou os familiares que acionaram a polícia.

O corpo de Gisele foi encontrado enterrado no quintal da residência de Vinícius, situada na Avenida Ayrton Senna, 900, no bairro de Alagoinhas Velha, na manhã de sábado, 26 de maio de 2012, e foi transportado na mala de um carro.

Após o crime, Vinícius fugiu para a cidade de Rio Real, onde no dia 28 de maio do mesmo ano, ele se apresentou com um advogado na Delegacia local. Ele foi preso em cumprimento a um mandado judicial. 

redação Se Liga Alagoinhas com Luciano Reis Notícias

Deixe uma resposta