Qualidade artística das quadrilhas marca concurso do Arraiá Virado nos 150 em Catu

Publicidade 2

Arraiá Bela Flor, grupo do distrito de São Miguel, foi o grande vencedor do Concurso de Quadrilhas, realizado pela Prefeitura de Catu, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec), nesta sexta-feira 22. A competição, que contou com o apoio da Federação Baiana de Quadrilhas Juninas (Febaq), faz parte da programação do Arraiá Virado nos 150, que comemora os 150 anos da cidade. Em segundo lugar ficou a Quadrilha Junina Ilumiar Pinga Ne Mim, de Pau Lavrado, e, em terceiro, o grupo Rosas Vermelhas, de Sítio Novo. 

Com uma apresentação cheia de cores e cenário diferenciado, a equipe trouxe o espetáculo “Bença – Tem que abrir o coração para receber a benzeção”, que homenageou as famosas benzedeiras do distrito de São Miguel. O prefeito de Catu, Geranilson Requião, fez a entrega do troféu à equipe, que comemorou com muita alegria o resultado do trabalho iniciado em novembro de 2017. “São 50 pessoas no grupo, incluindo o pessoal de apoio. O tema escolhido foi pré-requisito para participar do concurso. Precisávamos abordar um tema que tivesse relação com os 150 anos da cidade. Mostrar as benzedeiras, muito fortes em São Miguel, foi a melhor opção”, disse o integrante da equipe campeã, Felipe Cardoso.

Em segundo lugar ficou a Quadrilha Junina Ilumiar Pinga Ne Mim, de Pau Lavrado. O troféu foi entregue pela secretária de Educação e Cultura, Ana Teixeira. “O amor de um vaqueiro” foi o tema da apresentação. O grupo mostrou a paixão pela vaquejada, a história dos vaqueiros da região, além de alertar sobre o cuidado que o esporte, tão questionado pelas autoridades, tem com os animais.

“Amor, saudade e devoção. De volta a minha terra do coração”. Esse foi o tema do grupo junino de Rosas Vermelhas, de Sítio Novo, que ficou em terceiro lugar e recebeu o troféu das mãos do diretor de cultura, João Ferreira Júnior. Superação retratou a trajetória da equipe, que há 15 dias, perdeu uma de suas integrantes, mas, mesmo assim, manteve a participação. 

Primeira vez assistindo ao tradicional Concurso de Quadrilha, a professora Maria Amélia dos Santos disse que se surpreendeu com os espetáculos. “Nunca tinha visto uma coisa tão bela na cidade. As apresentações valorizam a história de Catu”, disse. Espectador ilustre da região, o artista plástico de renome internacional, Ed Ribeiro, ficou impressionado com o nível das apresentações. “Eu gosto de tudo que tem relação com o São João, que considero a melhor festa do ano. A qualidade artística das equipes foi o diferencial do concurso”, disse.

“Resgatamos uma cultura, que por muitos anos estava esquecida e trabalhamos para restabelecer essa tradição. Hoje, estamos vendo o coroamento o resultado desse trabalho. As quadrilhas que se apresentaram aqui mostram muita qualidade artística e dedicação”, destacou o prefeito de Catu, Geranilson Requião.

Depois do concurso, o Arraiá Virado nos 150 continuou com as apresentações das bandas Frutos Nordestinos e Colher de Pau. Veja abaixo as atrações dos próximos dias de festa em Catu. 

Serviço

Arraiá Virado nos 150 – Catu

Principais atrações

23.06 – Kassiene Fernandis, Trio Nordestino, Dory Casanova e Dono Enkrenka.

24.06 – Cristian Ferrari, Danniel Vieira, Unha Pintada e Trakinagem.

25.06 – D4, Calcinha Preta, Farra Rica e Seu Maxixe.

26.06 – Assombra, Tayrone, Safadinho do Brasil e Duas Medidas.

 

Fotos: Alex Romano

Texto: Comtexto Comunicação/Ascom Catu

Deixe uma resposta