São João de Alagoinhas cancela participação de Simone e Simaria e confirma Trio Nordestino e Bell Marques com show especial de forró na programação

Publicidade 2

Com uma das irmãs afastada dos palcos devido a questões de saúde, a dupla Simone e Simaria, que deveria se apresentar na noite do dia 24 de junho em Alagoinhas não está mais na grade do São João. Quem chega para substituir as cantoras é um dos grupos tradicionais da música baiana, o “Trio Nordestino”, criado originalmente em 1958 por três jovens baianos que receberam ajuda de Luiz Gonzaga, o “Rei do Baião”.

Formado atualmente pelos músicos Luiz Mário, Beto Sousa e Coroneto, o trio traz a herança dos fundadores que se eternizaram no arrasta pé baiano, resgatando influências do xote, do baião e do xaxado em uma mistura que remonta à cultura nordestina das festas tradicionais.

Quem também chega à programação do dia 24 com uma proposta diferenciada de celebrar a história e a memória de grandes nomes da música brasileira é o cantor baiano Bell Marques.

A relação do artista com o São João não é recente. O cantor nunca escondeu sua admiração por ícones como Luiz Gonzaga, que sempre esteve no repertório dos shows, desde os tempos de Chiclete com Banana. Com sua antiga banda, inclusive, Bell chegou a gravar um CD inteiro de sucessos do gênero, em 1992, e agora repete o feito em carreira solo.

Assim como no arraiá da capital, em Salvador, em Namoradilha (Recife) e em Campina Grande (Paraíba), Bell Marques chega ao interior baiano para fazer um show inesquecível em ritmo de forró.

De acordo com George Caboré, um dos organizadores da festa, a mudança representa economia em termos financeiros e foco no planejamento da festa que busca se concretizar como a mais nova tradição da Bahia. “O público esperava ver a dupla no palco. Com a ausência de uma das cantoras, o show não seria o mesmo. Então a substituição se deu por esse fator e também por uma questão de economia, porque conseguimos trazer duas atrações de reconhecimento nacional por um valor inferior ao que estava sendo negociado com as coleguinhas. Com a grade fechada, temos uma programação que, em quase 80%, é formada por bandas de forró e, ao mesmo tempo, temos Luan Santana, no dia 22, então é isso. A gente traz uma grade eclética, diversificada, para agradar tanto ao público jovem quanto aos apreciadores do ritmo tradicional”, explicou.

Além dos dias oficiais do evento, que acontece de 22 a 24 de junho, na Avenida Joseph Wagner, o São João de Alagoinhas conta com o “Trem do Forró”, entre os dias 13 e 17 de junho e com a “Vila do Forró”, que será montada no estacionamento da prefeitura, esquentando o clima com apresentações musicais, feira de comidas típicas, programações culturais e quadrilhas juninas de 15 a 24 de junho.

A previsão é de que a estrutura montada receba até 50 mil pessoas para a festa oficial, de acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (SECET). “Referência cultural do agreste baiano, Alagoinhas pode vislumbrar, com a realização do São João, uma excelente oportunidade de apresentar nossa cidade não só aos baianos, mas às pessoas de todos os cantos que nos visitarem”, afirmou Iraci Gama, vice-prefeita e secretária de cultura do município.

Confira a programação completa com as mudanças:

Trem do Forró:
Dia 13 – QUARTA-FEIRA: Funcionários da rede de ferroviários
Dia 14 – QUINTA-FEIRA: Estudantes de escolas públicas e privadas
Dias 15, 16 e 17 – SEXTA, SÁBADO E DOMINGO: Aberto ao público
Horário: 9h às 17h
Entrada: Uma lata de leite ou um pacote de fralda geriátrica

Shows:
Dia 22 – SEXTA-FEIRA:
Zé Duarte
Xote Mania
Luan Santana
Zé Ribeiro

Dia 23 – SÁBADO:
Chiquinho Forró Pesado
Del Feliz
Gil Mourão
Santana O Cantador

Dia 24 – DOMINGO:
André e Mauro
Xinelo Baiano
Zé de Tonha
Trio Nordestino
Bell Marques (especial de forró)

Fonte: Secom Alagoinhas

Deixe uma resposta