QUALIDADE DA ÁGUA: Coloração esbranquiçada não se deve a excesso de cloro e não faz mal

Publicidade 2

Às vezes, ao abrir a torneira e encher um copo ou uma garrafa pode ocorrer de a água ter uma coloração “esbranquiçada”. De acordo com levantamento do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) Alagoinhas, há usuários que pensam tratar-se de excesso de cloro no tratamento. No entanto, a suposição é equivocada.

De acordo com Adriano Almeida, laboratorista da autarquia, o que ocorre nestes casos é que “a partir da entrada de ar na rede de distribuição, suas partículas ficam em grande agitação; isso e a pressão exercida na própria rede dá o caráter esbranquiçado quando chegam nas torneiras”.

Assim, não só jamais se trata de cloro – a rigor, o elemento químico em questão não tem a propriedade de causar a suposta reação –, como o consumo da água em tais circunstâncias não é minimamente nocivo.

De todo modo, caso algumas pessoas fiquem receosas de beber a “água esbranquiçada” mesmo após as explicações, basta deixar o recipiente imóvel e observá-lo por alguns instantes. Invariavelmente, o observador constatará que tão logo o ar é liberado, o que prevalece é a transparência habitual.

No mais, os moradores podem ficar tranquilos, pois o SAAE realiza, diariamente, análises criteriosas das condições de qualidade da água – tanto na etapa de saída quanto na etapa de distribuição.

Com base na importância do diálogo direto, sempre que houver qualquer dúvida ou reclamação, os usuários devem procurar a autarquia através de seus canais oficiais de comunicação, criados justamente para atender à população da melhor maneira possível, seja prestando esclarecimentos, seja realizando algum serviço de ordem prática.

Além do atendimento presencial no Posto de Atendimento (Rua Moreira Rego,9977, Centro), há o WhatsApp e o Call Center. Pelo aplicativo, basta enviar uma mensagem (75) 981804500; o retorno sempre é instantâneo. Pelo Call Center, é só ligar gratuitamente para 0800 702 7065.

ASCOM
Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE Alagoinhas

Deixe uma resposta