Greve de caminhoneiros não afetará policiamento na Bahia, afirma porta-voz da PM

Publicidade 2
Foto Carol Garcia – GOVBA

O porta-voz da Polícia Militar na Bahia, capitão Bruno, tranquilizou os baianos e afirmou nesta sexta-feira (25) que o policiamento não será prejudicado no estado por causa da paralisação de caminhoneiros.

As manifestações têm gerado desabastecimento nos postos de combustível na Bahia. De acordo com ele, não há problema de abastecimento, até o momento, nas viaturas da PM, mas, para evitar um agravamento da situação, a corporação criou uma estratégia. Em entrevista ao Bahia Notícias, Bruno descreveu o que está sendo feito.

“Nós estamos colocando as viaturas em pontos estratégicos, e os deslocamentos serão realizados somente via acionamento, como pelo Cicom ou diretamente às equipes empregadas nas ruas. É uma mudança para racionalizar para racionalizar a utilização do combustível”, explicou.

Ainda de acordo com ele, entre as estratégias para evitar um gasto maior de combustível, prevendo uma diminuição no fornecimento, a PM vai empregar no policiamento outras modalidades, como uso de cavalos, drones e motocicletas – esta última em maior escala, pois consomem menos. 

Fonte: BNews

Deixe uma resposta