Secretário garante apoio para implantar sistema de irrigação em associação de Inhambupe

Publicidade 2
Foto: Divulgação

Cerca de 50 famílias que fazem parte da Associação dos Pequenos Agricultores da Fazenda Moita Redonda, em Inhambupe, vêm sofrendo com dificuldade para produzir em sequeiro (cultivo sem irrigação). Um poço tubular existente na localidade tem vazão de 22 mil litros por hora e poderá servir para irrigar as áreas de cultivo, mas faltam recursos para fazer o investimento necessário para a instalação de um sistema de irrigação adequado à realidade deles. Com objetivo de buscar apoio para solução do problema, o deputado Joseildo Ramos (PT) e o presidente da associação, Ailton José da Conceição, estiveram reunidos com o secretário de Desenvolvimento Rural do Estado (SDR), Jerônimo Rodrigues, na manhã desta segunda-feira (21). Ele garantiu apoio à demanda e direcionou assessoria para orientá-los na busca de mais investimentos por parte do Estado para projetos e iniciativas da instituição.

 
De acordo com Ailton José, presidente da associação, há cerca de 15 dias, a comunidade recebeu a visita de Enéas Lima, engenheiro agrônomo e coordenador do Serviço Territorial de Apoio à Agricultura Familiar (Setaf), para diagnóstico da realidade local, com o objetivo de identificar a melhor forma de irrigação a ser utilizada. “Já temos o estudo, o poço com boa vazão e um reservatório para 250 mil litros. Agora precisamos modernizar o sistema de irrigação para atender as necessidades hídricas das nossas culturas. Quero agradecer ao deputado Joseildo que vestiu a camisa com a gente nessa missão”, disse.
 
O secretário Jerônimo afirmou que vai avaliar o relatório produzido pela Setaf e garantiu apoio ao assentamento. “Vamos estudar o relatório e verificar as possibilidades para ajudar. Fiquem tranquilos que vocês não ficarão desamparados por nós. Não vamos deixar na mão quem quer produzir”, afirmou. 
 
Investimento
Ainda durante a reunião, o ex-presidente da associação, Raimundo Rodriguez, apresentou as dificuldades para os agricultores da região investirem na produção. De imediato, o secretário agendou um encontro com a coordenadora de Reforma Agrária, Isabel Oliveira, para orientação sobre alternativas para obter investimento pelo Governo do Estado, como participação em editais e inscrição em projetos e convênios disponíveis. “A associação de vocês está toda regulamentada e pode participar de nossos incentivos. As orientações vão abrir várias possibilidades. Fiquem atentos e participem”, concluiu.
Ascom – Joseildo Ramos

Deixe uma resposta