Sem pagar a luz? Se ligue porque a Coelba não faz mais religação de urgência

Publicidade 2
Foto: Evandro Veiga

Quem não pagou a conta de luz tem uma dor de cabeça a mais. O serviço de religação de urgência, que era oferecido aos consumidores, não existe há dois meses. O serviço, que era cobrado à parte, oferecia religação em até 4 horas para unidades em área urbana e até oito horas para unidades localizadas em área rural.

A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) informa que a oferta do serviço é facultativa. Quem tem a luz cortada deve esperar até 24 horas para ter o serviço normalizado – em áreas rurais o prazo é de até 48h.

Uma das clientes que passou por isso foi a esteticista Vanja Veridiano, 63 anos. “Aquilo me deu nos nervos! Fiquei tomando banho frio no escuro, perdi tudo da minha geladeira e eu trabalho em casa”, relatou ela, que ficou mais de um dia sem energia, segundo ela, por falha no registro do pedido de religação. “Parecia que tudo estava contra mim, a própria atendente do posto da Coelba disse que nunca viu uma reclamação desse tipo”, disse, aos risos, ao lembrar dos dias sem energia.

Facilidade para negociar
Por esquecimento ou por falta de dinheiro, quem tem débito na Coelba a partir de agora tem mais facilidade para quitar a dívida e regularizar a situação.

A companhia reduziu o percentual da entrada em relação ao débito total. Antes, o primeiro pagamento era feito sobre 30%, e agora é possível iniciar a quitação com o equivalente a 20% da dívida. O restante é dividido em parcelas cuja quantidade será ajustada entre o cliente e a empresa, atendendo aos requisitos da concessionária e considerando o histórico do consumidor e o saldo devedor.  

Débito
A religação do fornecimento de energia depende da quitação dos débitos do consumidor.

As negociações podem ser feitas em todas as lojas de atendimento da Coelba e podem ser agendadas. Pelo site www.coelba.com.br, é possível o cliente marcar um horário em uma loja próxima a sua residência, evitando filas e espera.

A companhia elétrica ressalta que apenas o titular da conta pode realizar o acordo. Quem não tem a titularidade mas é responsável pelos imóveis com dívidas com a Coelba, também deve buscar a companhia, apresentando o contrato de locação ou compra do imóvel, ou ainda procuração pública ou particular. Neste caso, a Coelba irá promover a mudança de titularidade antes de iniciar o acordo.

Desliga
O desligamento e a entrada na temida lista do Serasa por causa da conta de luz podem ser feitos após o atraso de um pagamento, explica a gestora de atendimento da companhia. 

“Nós encaminhamos um aviso de desligamento na segunda fatura do consumidor, na fatura seguinte ao mês inadimplente e ele já fica suscetível ao corte do fornecimento na residência dele. Estando inadimplente, ele fica suscetível a ter o nome incluído nos órgãos de proteção ao crédito. A gente encaminha uma lista relatando os inadimplentes e o próprio órgão faz essa inclusão”, acrescenta.

A empresa tem 5,9 milhões de clientes. Desses, segundo dados da Coelba, cerca de 2% – 118 mil pessoas – estão em débitos com a empresa. Presente em 415 dos 417 municípios baianos, a Coelba tem uma área de concessão de 563 mil quilômetros quadrados.

Agendamento
Com o objetivo de facilitar o acesso dos clientes ao atendimento presencial, a Coelba oferece o serviço de atendimento com hora marcada. Para isso, basta entrar no site da empresa. A seguir, é preciso selecionar o serviço desejado no canto direito da tela – no caso, Parcelamento de Débitos – e preencher os dados solicitados nos campos: CPF, conta contrato, nome completo, celular, e-mail e realizar a validação dos dados.

O não comparecimento no horário agendado acarretará o cancelamento, sendo necessário agendar um novo atendimento.

Saiba como economizar na conta
Este mês, os baianos começam a pagar mais na conta de energia. Só para os consumidores residenciais, o aumento será de 17,22% – o novo valor começou a valer no último dia 22 após ser aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). 

Para não sofrer tanto com a revisão tarifária, e não tomar susto no final do mês, a melhor saída é economizar. E para reduzir a conta, vale prestar atenção em todos os detalhes em casa: assim que terminar de carregar o celular ou o computador, tire da tomada. 

Melhor ainda, prefira tirar os eletrodomésticos da tomada quando não estiverem em uso. Nesse caso, a comodidade não compensa o desperdício. Mesmo por poucos instantes, eles consomem energia elétrica. Fuja da função stand-by!

Mesmo o computador – se não for usar dentro de uma hora, é melhor desligá-lo até o próximo uso. Se possível, opte por laptops ao invés de PCs, pois eles costumam ser mais econômicos. 

Falando em substituir, vale a pena trocar eletrodomésticos antigos, que em geral são menos eficientes e pesam mais na conta de luz, por novos com selo Procel de eficiência energética. Na hora de usar, estude o manual para maximizar o uso e minimizar o gasto de energia. 

Aproveite  a luz do sol – que em Salvador tem de sobra. Evite acender luzes em ambientes naturalmente já iluminados, dê preferência por lugares com janelas amplas e paredes claras. 

O novo passo-a-passo para religar a energia

  • Não é o titular – O responsável deve apresentar contrato de locação ou de compra, ou ainda procuração para proceder a negociação.
  • Titular – Apenas o titular da conta pode realizar o acordo. Se a dívida de terceiros está no seu nome, primeiro a Coelba promove a mudança de titularidade para proceder com o acordo.
  • Hora marcada – O agendamento é realizado através do site da Companhia. Depois de selecionada a opção Parcelamento de Débitos, os dados solicitados devem ser preenchidos e validados.
  • Documentos – No dia agendado, devem ser apresentados um documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho ou habilitação), além de CPF e conta de energia.
  • Desistência – Em caso de desistência do horário marcado, a senha deve ser cancelada através do link recebido por e-mail.
  • Comparecimento – Se o interessado não comparecer no horário marcado, o atendimento é cancelado e outro agendamento será necessário.

Fonte: Correio 24h

Deixe uma resposta