Estudantes de Alagoinhas participam das Conferências Territoriais Infantojuvenis pelo Meio Ambiente

Publicidade 2

Os estudantes das escolas estaduais pertencentes aos Núcleos Territoriais de Educação de Irecê (NTE 01), Barreiras (NTE 11), Macaúbas (NTE 12), Jacobina (NTE 16), Caetité (NTE 13), Santo Antônio de Jesus (NTE 21) e Senhor do Bonfim (NTE 25) participam, nesta sexta-feira (27), das “Conferências Territoriais Infantojuvenis pelo Meio Ambiente”. Trata-se de uma das etapas preparatórias para a “III Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente – As escolas da Bahia cuidando das águas”, que acontecerá de 7 a 9 de maio, em Salvador. Durante a etapa territorial, os estudantes apresentam projetos sobre a água, discutem e trocam experiências sobre a temática.

Na próxima semana, as conferências acontecem no dia 2 de maio, envolvendo os estudantes das escolas nos núcleos de Amargosa (NTE 09) e Alagoinhas (NTE 18). Em Macaúbas (695 km de Salvador), o encontro aconteceu no Centro Cultural de Macaúbas José Benedito do Amaral, com a participação de mais de 70 estudantes representantes de 32 escolas da região. O estudante Ian Carlos de Oliveira, 12, 7º ano, do Colégio Estadual de Ibiajara, apresentou o projeto “Água: um bem precioso para a humanidade – captação, preservação e o uso consciente”. “O projeto é sobre um sistema de encanação e caixas de água subterrâneas que armazenam a água da chuva que cai do telhado sobre as calhas. O objetivo é economizar água e evitar o desperdício com o reaproveitamento desta água para outras atividades”, explica o estudante.

Nesta quinta-feira (26), as conferências envolveram os estudantes das escolas dos núcleos de Salvador (NTE 26), Itabuna (NTE 05), Itapetinga (NTE 08), Itaberaba (NTE 14), Ribeira do Pombal (NTE 17), Paulo Afonso (NTE 24). Na capital, a etapa aconteceu no Colégio Estadual da Bahia (Central), no bairro de Nazaré.A abertura realizada no auditório do colégio contou com uma apresentação dos estudantes do Colégio Estadual Elizabeth Chaves Veloso que fazem parte da “Companhia de Dança e Teatro do Eliza”. Eles dançaram ao ritmo da música “Planeta Água”, do cantor e compositor Guilherme Arantes. “Preparamos esta apresentação para chamar a atenção das pessoas sobre a importância que a água tem em nossas vidas e em todo o planeta Terra”, afirmou a estudante Gisele Santos Pinheiro, 12, 7º ano.

O coordenador dos Núcleos Territoriais de Educação, José Barreto, da Secretaria da Educação do Estado, que esteve no evento representando o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, acredita que “as conferências são fundamentais para o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes, pois discutem temas importantes envolvendo a sustentabilidade e, nesta edição, o recorte principal é a água, que é um elemento muito relevante para o futuro do nosso planeta”, destacou.

Após a mesa institucional de abertura, os estudantes se reuniram nas salas de aulas para compartilharem seus projetos. Este é o caso de Michel Douglas de Santana, 14, 8º ano, da Escola Estadual Mestre Paulo dos Anjos, localizada no bairro da paz, em Salvador. A etapa de Salvador, também contou com a presença do diretor no NTE 26, Luiz Henrique Peixoto, do coordenador de Educação Ambiental e Saúde do Estado, Fábio Barbosa e da coordenadora do NTE 26, Maria de Fátima Costa.

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta