Prefeito Joaquim Neto participa de reuniões no Ministério das Cidades e busca recursos para ampliar a capacidade de investimento do município em obras de saneamento

Publicidade 2

O prefeito Joaquim Neto participou esta semana de duas reuniões na Secretaria Nacional de Saneamento, em Brasília, com o Ministério das Cidades, para buscar recursos que ampliem a capacidade de investimento do município em obras de saneamento.

Na ocasião, o gestor tratou das obras que estão em execução pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), principalmente no que se refere ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 1 e PAC 2). Joaquim Neto negociou uma redução de aporte de contrapartida e enfatizou a necessidade de conclusão das obras da Estação de Tratamento (ETE), que estão em fase de instalação do Digestor Anaeróbio de Fluxo Ascendente (DAFA), com um investimento de R$ 800 mil só nesta etapa. De acordo com o SAAE, o DAFA é um equipamento indispensável no processo de decomposição da matéria orgânica que resulta das águas de esgoto.

A previsão, segundo a autarquia, é de que a intervenção cause grande impacto na vida dos alagoinhenses, beneficiando, entre obras do PAC 1 e do PAC 2, mais de 6 mil famílias.

Com a reunião realizada esta semana, o prefeito Joaquim Neto reforça a necessidade de ampliação da capacidade de esgotamento sanitário na cidade. “Vim tratar exatamente do trabalho incrível e desafiador que estamos fazendo, que é o esgotamento sanitário. Quando a gente investe em saneamento, diminuímos a despesa em saúde, porque saneamento também é saúde. Nossa meta é sair dos 14% para atingir os 35% de cobertura em Alagoinhas”, afirmou o gestor.

O prefeito pleiteou ainda a inclusão do município no programa “Avançar Cidades” e verificou, junto ao Ministério, as condições necessárias para conseguir o recurso que, segundo ele, deve melhorar o sistema de abastecimento de água em Alagoinhas.

Entre os pontos discutidos, se destacou também o debate sobre as melhorias que podem ser implementadas com a criação de um sistema eficiente na área da Cavada.

Com a visita do prefeito ao Ministério, a previsão é de que as obras da estação de tratamento sejam concluídas até o final do ano.

Nesta quinta-feira, Joaquim Neto também participou de um encontro com a vice-presidência da Caixa Econômica para tratar de assuntos referentes ao São João, tradicionalmente realizado em Alagoinhas. Nesta área, o prefeito busca investimentos que contribuam para a realização dos festejos juninos, com a valorização da cultura local e o fomento ao desenvolvimento da região. Segundo o gestor, a população pode esperar uma grande festa que promete aquecer o mercado local.

Confira fotos das obras em andamento pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta