“Esse momento abre as portas da Bahia para o mundo”, diz Rui em evento que marca início de obras no aeroporto de Salvador

Publicidade 2
Nesta quinta-feira (19), o governador Rui Costa participou de evento que marca o início das obras de modernização do aeroporto de Salvador. Na ocasião, a empresa que irá administrar o equipamento pelos próximos 30 anos, a Vinci Airports, realizou a abertura do cronograma de planejamento das intervenções. Uma cápsula do tempo foi lacrada durante o evento e será aberta em 2047, quando se encerra o contrato de concessão da empresa francesa. A Vinci venceu o leilão realizado em 2017 e assumiu a gestão do equipamento em janeiro deste ano.

“Esse é um momento que abre as portas da Bahia não só para o Brasil, mas para o mundo. Era um desejo dos baianos que esse aeroporto tivesse uma gestão eficiente, e agora teremos todas as intervenções necessárias, começando com a pista auxiliar e seguindo com o novo terminal de passageiros. A Vinci investirá mais de R$ 2 bilhões para realizar mudanças grandes e estruturais. O objetivo é transformar o aeroporto da capital em um equipamento moderno e mais seguro”, explicou Rui Costa durante a solenidade, que contou com a presença do presidente global da Vinci Airports, Nicolas Notebaert.

O governador também falou sobre o incremento de voos na Bahia. “Nos últimos meses, me reuni com todas as companhias que operam voos nacionais e internacionais no estado para conseguirmos aumentar o número de voos e destinos. Como resultado, já temos umnovo voo para Miami, que começa no fim deste mês, e em breve teremos para outras localidades e países. A Bahia é um estado de dimensão continental, temos vários potenciais, como poder econômico elevado em diferentes regiões, e precisamos usar Salvador como porta de entrada para o estado”, destacou Rui.

Intervenções

Imagens aéreas das obras de mobilidade urbana em Salvador (Aeroporto, Orla, Farol de Itapuã, Avenida Orlando Gomes, Avenida 29 de Março, Linha Vermelha, Subúrbio Ferroviário, Avenida Suburbana, Pirajá, BR 324, BA 528 (Estrada do Derba), Fazenda Coutos, Lagoa da Paixão, Paripe, Alto de Coutos, Periperi, Escada, Trem do Subúrbio, Itacaranha, Plataforma, Estação Almeida Brandão, Linha Azul, Antiga Fábrica da União Fabril, Terminal Hidroviário de Plataforma, Lobato, Avenida Afrânio Peixoto, Metrô Bom Juá, Obras do Metrô Pirajá e Estação Pirajá).
Foto: Manu Dias/GOVBA

O contrato da Vinci Airports prevê a instalação de seis novos fingers (pontes de embarque) e a criação de uma segunda pista de pouso. Também serão realizados investimentos para aperfeiçoar o atendimento aos passageiros. 

“Esse evento de lançamento do cronograma marca o compromisso da empresa de entregar um aeroporto com o nível de excelência já alcançado pela Vinci em outros aeroportos do mundo. Entregaremos um equipamento completamente reformado e com 20 mil metros quadrados de nova construção”, revelou o diretor presidente do aeroporto de Salvador, Júlio Ribas.

Desde quando começou a gerir o aeroporto, a Vinci tem realizado manutenção e intervenções de emergência em áreas como fraldários, banheiros, sistema de ar condicionado, iluminação, cercas de segurança, correções na pista, na sinalização e no piso, e forros do prédio. Na terça-feira (17), o aeroporto passou a oferecer acesso gratuito e ilimitado à rede Wi-Fi.

Na última quarta (18), uma reunião entre o governador Rui Costa e representantes da empresa teve como objetivo discutir as obras de requalificação e modernização do equipamento. A Vinci Airports atua em 36 aeroportos, distribuídos entre seis países, e movimenta 132 milhões de passageiros por ano.

Fotos: Manu Dias/GOVBA

 

Deixe uma resposta