TRF-4 nega último recurso de Lula

Publicidade 2
(Foto: Suamy Beydoun/Estadão Conteúdo)

Os desembargadores da 8ª Turma do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) decidiram, por unanimidade, recusar o último recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A decisão foi tomada no início da tarde desta quarta-feira (18) em Porto Alegre. A condenação de 12 anos e um mês de prisão foi mantida. O petista que está preso desde 7 de abril em Curitiba, responde pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

“Depois de analisar todas as ponderações da defesa, é manifesta a inadminssibilidade dos embargos. Não se pode que a defesa busque rediscussão de aspectos já julgados”, declarou o juiz Nivaldo Brunoni em seu voto. Os desembargadores Victor Laus e Leandro Paulsen o acompanharam na decisão de não conhecer o recurso.

Segundo informações do portal de notícias G1, o advogado de defesa Cristiano Zanin pediu, no início do julgamento, que o recurso fosse julgado pelo desembargador João Pedro Gebran Neto que está sendo substituído pelo juiz federal Nivaldo Brunoni. No entanto o relator da Turma requisitdo pelo advogado está de férias e o pedido da defesa também foi negado.

A defesa do ex-presidente ainda poderá recorrer contra a condenação ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Fonte: Correio 24h

Deixe uma resposta