Jovens e adultos de Alagoinhas participam de ação educativa do Detran

Publicidade 2
Foto: Assessoria de Comunicação Detran-BA

Na madrugada do último domingo (15), um acidente de trânsito chocou os moradores de Alagoinhas, no nordeste baiano. A estudante Gabriela Batista, de 17 anos, viajava na garupa da moto pilotada pelo namorado, que foi atingida por um carro na rodovia BA-504. A jovem morreu na hora e o condutor está em estado grave no hospital.

O caso da estudante faz parte de uma estatística alarmante. No Brasil, em 2017, mais de dez mil jovens morreram em acidentes de trânsito envolvendo motos. Os dados foram apresentados pela Caravana do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran), na noite de segunda-feira (16), na Escola Municipal Marco Maciel, em Alagoinhas. Alunos do projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA), desenvolvido pelo Governo do Estado na cidade, para pessoas com idades entre 17 e 72 anos, assistiram a palestras sobre noções de trânsito e prevenção de acidentes.

A dona de casa Margarida Santos, 67 anos, morou a vida toda na zona rural e recentemente mudou para a sede do município, onde voltou a estudar. Ela aprovou a iniciativa do Detran. “A palestra sobre trânsito me deixou feliz porque acredito que todo mundo vai sair daqui mais preparado para não sofrer acidentes “.

“A vida precisa estar em primeiro lugar. Essa é a mensagem que levamos por onde passamos. Espero que as nossas palavras e vídeos formem cidadãos mais conscientes no trânsito “, comentou o instrutor da caravana, Antônio Matos.

Fonte: Ascom/Departamento Estadual de Trânsito (Detran)

Deixe uma resposta