Quase quatro milhões de brasileiros solicitaram isenção da taxa de inscrição do Enem 2018

Publicidade 2

O prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, e de justificar ausência da edição passada, terminou às 23h59 deste domingo, 15 de abril. Ao todo, 3.818.663 brasileiros solicitaram o direito de não pagar a taxa de inscrição. Destes, 208.588 foram participantes isentos em 2017,  que faltaram aos dois dias de aplicação e precisavam apresentar documentos que comprovasse o motivo da ausência para terem direito a nova isenção. Entretanto, apenas 8.486 apresentaram a documentação exigida e 200.102 declararam não possuir documentos que justificassem a ausência no Exame. No Enem 2017, mais de 4,7 milhões de participantes obtiveram a isenção.

Os resultados das solicitações de isenção e das justificativas de ausência serão disponibilizados na próxima segunda-feira, 23, na Página do Participante. Será preciso fornecer o CPF e senha para conferir o resultado. De 23 a 29 de abril, serão recebidos os pedidos de recursos referentes a esses resultados, uma novidade desta edição. Nesse período, o interessado terá a oportunidade de apresentar novos documentos,  caso tenha tido a solicitação negada. A relação de documentos aceitos no caso de recursos está listada no Site Enem 2018 e no Portal do Inep.

O resultado do recurso será divulgado em 6 de maio, véspera do início das inscrições. Se o recurso for negado, o interessado em fazer o Enem 2018 ainda terá a opção de fazer a inscrição e pagar a taxa de R$ 82. Todos os interessados em fazer o Exame, isentos ou não, também deverão fazer a inscrição entre 7 e 18 de maio.

Concluintes – Das 3,8 milhões de solicitações de isenção, 971.924 foram de estudantes concluintes do ensino médio em 2018, nas escolas da rede pública, um dos quatro critérios que garantem o direito à isenção. Antes a isenção desse grupo era automática. No Enem 2017, 1,4 milhão de isentos eram concluintes do Ensino Médio na rede pública.

Gasto público – O Enem 2018 é o primeiro com solicitação de isenção separada da inscrição. A novidade complementa as mudanças lançadas pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no Enem 2017,  com o objetivo de evitar   desperdícios  de recursos  públicos. As últimas cinco edições do Enem  juntas, representaram um prejuízo de R$ 962 milhões com participantes que se inscreveram, mas não compareceram às provas. No Enem 2017, foram 2.017.253 ausentes e, dentre esses, 83,8% eram isentos. Além disso, dos 222.132 participantes que eram ausentes reincidentes, 92,78% eram isentos. O prejuízo com ausências no Enem 2017 foi de R$ 176.590.328.

Confira os números por Estado.

Total de solicitações de Isenção por UF:

  • AC – 30.439
  • AL – 68.731
  • AM – 100.913
  • AP – 33.348
  • BA – 346.778
  • CE – 299.731
  • DF – 59.160
  • ES – 76.834
  • GO – 112.788
  • MA – 173.924
  • MG – 386.672
  • MS – 46.509
  • MT – 56.961
  • PA – 216.209
  • PB – 124.358
  • PE – 248.911
  • PI – 91.184
  • PR – 122.032
  • RJ – 239.341
  • RN – 95.050
  • RO – 42.321
  • RR – 9.421
  • RS – 130.803
  • SC – 60.707
  • SE – 59.046
  • SP – 549.685
  • TO – 36.807
  • TOTAL – 3.818.663

Total de solicitações de Concluintes do Ensino Médio Público por UF:

  • AC – 5.105
  • AL – 13.412
  • AM – 22.356
  • AP – 5.843
  • BA – 60.311
  • CE – 104.536
  • DF – 13.875
  • ES – 22.462
  • GO – 32.530
  • MA – 36.293
  • MG – 104.254
  • MS – 11.538
  • MT – 14.024
  • PA – 38.945
  • PB – 21.107
  • PE – 51.586
  • PI – 22.574
  • PR – 46.603
  • RJ – 55.778
  • RN – 14.460
  • RO – 9.293
  • RR – 1.918
  • RS – 33.147
  • SC – 29.571
  • SE – 10.161
  • SP – 181.913
  • TO – 8.329
  • TOTAL – 971.924

Deixe uma resposta