Nome de Wagner é tratado como ‘expectativa’ pelo Planalto

Publicidade 2

Uma análise do Palácio do Planalto à última pesquisa Datafolha classificou os candidatos em grupos, a exemplo do ex-secretário de Desenvolvimento da Bahia, Jaques Wagner (PT), que teve o nome considerado como “na expectativa”, após marcar 1% no levantamento de intenções de votos.

No mesmo bloco também está o petista Fernando Hadad, que apareceu com 2%, e, ao lado de Wagner, é considerado plano “B” para a possível ausência do ex-presidente Lula no pleito, segundo a coluna do Estadão.

Ainda de acordo com o estudo da Presidência, no páreo, Marina Silva e Joaquim Barbosa são “dois grandes nomes”, Jair Bolsonaro e Geraldo Alckmin, “dois pequenos nomes”, Ciro Gomes e Álvaro Dias seriam “nomes regionais.

Rodrigo Maia e Henrique Meirelles seriam “dois nomes descartados” e Michel Temer, “um nome que pode surpreender”.

Fonte: bahia.ba

Deixe uma resposta