Camaçari – MP pede prisão preventiva de presidente e vice da Câmara

Publicidade 2
Foto: Heriks Trabuco/Ascom/Câmara de Camaçari

O Ministério Público da Bahia pediu nesta sexta-feira (13) a prisão preventiva do presidente e vice da Câmara Municipal de Camaçari, Oziel dos Santos Araújo e José Paulo Bezerra. Os dois foram denunciados nesta quinta (12) por crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

O pedido de prisão foi realizado para “assegurar a instrução criminal e a ordem pública”, segundo nota do MP-BA. O fevereiro, o presidente da Câmara se defendeu das acusações.

Segundo a denúncia, Oziel dos Santos Araújo e José Paulo Berreza convenceram em janeiro de 2017 um assessor parlamentar a sacar o valor de R$ 28,6 mil de sua conta bancária como suposto pagamento de empréstimo que o presidente da Câmara teria tomado do vice-presidente do parlamento municipal.

O montante se devia a benefícios devidos ao ex-servidor, em razão de férias e 13º salários de anos anteriores ainda não pagos. Segundo o promotor de Justiça Everardo Yunes, autor da ação penal, o saque foi efetuado pelo então assessor parlamentar acompanhado por uma secretária de José Paulo Bezerra, a quem foram entregues os R$ 25 mil.

O restante do dinheiro teria sido entregue ao servidor como salário correspondente a janeiro. Após o saque, ainda no mesmo mês, o assessor foi comunicado de que havia sido exonerado do cargo pelo vice-presidente da Câmara. A exoneração era um ato necessário para a liberação dos benefícios.

Fonte: bahia.ba

 

Deixe uma resposta