469 anos de Salvador: “Tenho muito orgulho de trabalhar por minha terra”, diz Rui Costa

Publicidade 2
Por: Gilberto Júnior/BNews

No dia em que a capital baiana completa 469 anos de fundação, o governador Rui Costa, nascido no bairro da Liberdade, usou seu perfil nas redes sociais para homenagear a cidade. 

Em nota, a Secretaria de Comunicação do petista elencou uma série de açõs realizadas pelo governo na capital. No início do mês, Rui entregou a nova Gal Costa e os túneis de acesso à Avenida Pinto de Aguiar, como parte da Linha Azul. Inaugurou também a sede da Escola de Saúde Pública, entregou duas contenções de encostas (uma em Boa Vista de São Caetano e outra em São Bartolomeu) e autorizou novas obras em Boa Vista do Lobato. 

O governador ainda entregou duas passarelas do metrô, bem como autorizou a construção da policlínica de Escada e da Unidade Básica de Saúde (UBS) em Itapuã. Completando o mês de aniversário de Salvador, ele autoriza, no próximo sábado (31), o início das obras da UBS do Imbuí, no Bate Facho, e do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) na Boca do Rio. 

Em março, o Governo do Estado também lançou licitação para reforma e ampliação do Hospital João Batista Caribé, no Subúrbio Ferroviário. Em maio, o governo entrega o Instituto Couto Maia (ICOM), uma obra de R$ 102 milhões, em construção no bairro de Águas Claras. O ICOM vai abrigar toda a estrutura do atual Hospital Couto Maia, especializado em doenças infecciosas e parasitárias. 

Já em abril, o chefe do Executivo estadual entregará a Estação Aeroporto do Metrô. Com ela, Salvador passa a ter 33 quilômetros de trilhos do metrô, combinado com passarelas modernas, iluminadas, monitoradas por câmera e com terminais de ônibus em pontos estratégicos. 

Ainda em abril, Rui autoriza a construção de novas unidades de saúde (UBS) nos bairros da San Martin, Pirajá, Pau Miúdo e Cajazeiras, esta última em fase de licitação. Em maio, será entregue o Terminal de Integração do Aeroporto, que conectará os ônibus à estação do metrô.  

Na área da saúde, além do Instituto Couto Maia, modernos centros de saúde expandem a oferta de serviços à população soteropolitana, a exemplo do Hospital da Mulher, na Cidade Baixa, e do HGE 2, construído para ampliar o atendimento de urgência e emergência do principal hospital da cidade, ambos inaugurados na atual gestão. 

No início de março, o governo lançou o edital de licitação, no valor de R$ 26 milhões, para readequação da clínica de diálise do Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), o maior da Bahia. “O hospital será completamente reformado para a modernização de toda a sua estrutura”, garante Rui.

Fonte: BNews

Deixe uma resposta