Bahia ganha mais 120 vagas para medicina; mensalidade será de R$8 mil

Publicidade 2

A Bahia vai ganhar mais 120 vagas em cursos de medicina. Nesta terça (27) o MEC credenciou dois novos cursos em duas cidades no estado, Alagoinhas e Juazeiro, ambos na Faculdade Estácio. O início das aulas do curso em Juazeiro está previsto para abril.

O ministro da educação, Mendonça Filho, participou da solenidade de credenciamento do curso na Faculdade Estácio de Juazeiro nesta terça (27) e destacou a importância do curso para a região.

“Primeiro, se exige a formação prática dos estudantes de medicina em postos de saúde e hospitais, o que ajudará no atendimento à população de baixa renda; e segundo, essas 55 vagas aqui transformarão a vida de muitas famílias de Juazeiro. Todos sabem que a faculdade de medicina traz no seu entorno uma repercussão econômica importante. ”

Serão oferecidas 55 vagas anuais na unidade de Juazeiro, sendo uma destinada a bolsista integral. Em Alagoinhas, 65 vagas anualmente, sendo 58 destinadas a estudantes pagantes e sete para bolsistas, direcionadas a alunos naturais e munícipes. Segundo a assessoria da Estácio, a mensalidade custará, em média, R$8 mil.

Nos próximos dias serão abertas as matrículas dos alunos selecionados por meio da nota do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). O curso terá duração de seis anos, com aulas teóricas e práticas, em laboratórios e unidades de saúde do munícipio e da região, além da oferta de vagas de residência médica.

“Quando isso ocorre aqui em Juazeiro, o que posso garantir é que nós carregamos não só as instalações, que espero que sejam adequadas, mas, antes de tudo, uma história de um curso de medicina, testado, aprovado, e que certamente teremos todas as condições de reproduzir com a mesma competência, com a mesma capacidade e, principalmente, com a mesma qualidade”, ressalta o chanceler da Faculdade Estácio, Ronaldo Mota.

O vice-presidente de ensino da faculdade, Hudson Júnior, ressalta que outros cursos devem ser oferecidos na unidade em Juazeiro.

“A Estácio acredita que podemos transformar o Brasil por meio de uma educação de qualidade e acessível”, avalia “Já fizemos aqui em Juazeiro a seleção de professores de alto gabarito para cuidar dos nossos alunos, dos nossos filhos, que vão ajudar a nossa população, aqueles que são mais carentes a ter uma vida mais saudável. E uma faculdade que hoje começa com medicina não vai parar com esse curso. Nosso objetivo aqui é poder agregar outros cursos e construir um círculo virtuoso nesse processo”.

Fonte: Correio 24h

Deixe uma resposta