Prefeitura de Inhambupe lança Programa Criança Feliz

Publicidade 2

A prefeitura de Inhambupe, por meio da secretaria de Assistência Social, lançou oficialmente o Programa Criança Feliz na terça-feira (06), no Centro de Convenções. O evento contou com a participação do público-alvo, profissionais da Rede de Assistência Social, presidentes de conselhos e secretários municipais. O Programa Criança Feliz faz parte do projeto do Governo Federal para a Primeira Infância, e tem como objetivo estimular o desenvolvimento de gestantes e crianças de baixa renda, de 0 a 3 anos, inscritas no programa Bolsa Família e, de 0 a 6 anos, beneficiárias do programa Benefício de Prestação Continuada (BPC). Pelo programa, uma equipe treinada realiza visitas semanais às casas das famílias para avaliar os aspectos médicos, pedagógicos e psicológicos, oportunidade em que são oferecidas orientações quantos aos principais cuidados para a manutenção da vida.

 “Com a implantação do Primeira Infância no Sistema Único de Assistência Social-SUAS, o município terá ainda mais respaldo para acompanhar o desenvolvimento de muitas famílias e suas crianças, a fim de estreitar o vínculo familiar, dando a elas melhores condições de vida”, afirmou a supervisora do programa no município,
Daniela Souza.  “Vale ressaltar que o programa tem caráter intersetorial, logo se faz necessário o compromisso e comprometimento das demais políticas públicas para que possamos melhor assistir e dar suporte a essas famílias", acrescentou.  

A secretária de Assistência Social, Valéria Costa, ressaltou que nas visitas, os profissionais vão ter a oportunidade de conhecer de perto as necessidades como também detectar o desenvolvimento das crianças e o relacionamento familiar. “É um programa muito importante para melhorar a qualidade de vida em nosso município. Sabemos que é na Infância que podemos detectar os problemas e buscar soluções”. Em Inhambupe, a busca ativa para identificação dos beneficiários que atendem aos requisitos para visitações vem sendo feita desde final de janeiro, e na primeira etapa serão contempladas 150 pessoas, entre gestantes e crianças. As comunidades que serão atendidas nesta etapa são: Urbis, Amarela, Novo Inhambupe, Pedreira, Botelho, Mandacaru, Riacho da Areia e Centro.

Com Ascom

Deixe uma resposta