Vereadores de Esplanada declaram apoio ao pré-candidato a deputado estadual Geraldo Melo

Publicidade 2
Geraldo Melo revolucionou a comunicação institucional em Alagoinhas
Geraldo Melo revolucionou a comunicação institucional em Alagoinhas

Não é difícil encontrar nas redes sociais diversos novos rostos e nomes que vem surgindo para disputar a corrida eleitoral de 2018. Principalmente com o MOT “renovação da política”, para oxigenar o desgastante formato atual, esses novos rostos e nomes também vem ganhando força e a confiança de muitos eleitores.

Em Esplanada não é diferente e a classe política começa a fazer seus movimentos para essa corrida. Alguns ainda em off com as suas articulações e outros já assumidos, como é o caso dos vereadores Marcos Pinheiro (PDT), Elder Santana (PSC), Meire de Ziel (PRTB) e Alexandre Brito (PHS) que declararam apoio ao pré-candidato Geraldo Melo, que é secretário de comunicação de Alagoinhas atualmente e homem de confiança do prefeito Joaquim Neto.

“Geraldo é um político com uma visão moderna e aberto a um grande projeto de crescimento e valorização da nossa região. Precismos mudar esse cenário de abandono que a nossa região se encontra e buscar novos rumos para o desenvolvimento. Por isso estamos apostando em um novo nome, com ideias novas” Disse o vereador Marcos Pinheiro sobre esse apoio ao pré-candidato.

Geraldo Melo vem fazendo um trabalho importante em Alagoinhas, principalmente em relação a transparência da informação na gestão Joaquim Neto. É notório a facilidade que a população encontra todas as informações nos portais de transparência, a forma como a imprensa recebe a informação e é atendida por essa equipe liderada por Melo.

O candidato começa me dizendo que tem o umbigo, literalmente, enterrado em uma das fazendas do seu avô paterno, de quem herdou o nome e o interesse pela política. A fazenda em questão fica em Itanagra, as outras em Sátiro Dias e Feira de Santana.

“Minhas ligações com a região são muitas e antigas, minha avó mora em Inhambupe, onde minha mãe nasceu.  As famílias Reis, Rocha e Cavalcante, daqui de Alagoinhas, são parentes nossos, Carlinhos Rocha e Altino Rocha são primos da minha mãe. Minha esposa trabalhava como enfermeira em Inhambupe, onde fixei residência e formei família, enquanto exercia cargo de secretário de administração em Sátiro Dias. Em 2002, aos 20 anos, assumi o cargo de oficial de gabinete do governador Paulo Souto. A partir daí convivi com a política a nível de estado, trabalhando diretamente com o governador, recebendo prefeitos, deputados, lideranças políticas em geral. Quando Souto perdeu a eleição em 2006, voltei para Sátiro Dias e, por conta da cassação do prefeito, acabei eleito vice-prefeito, junto com o presidente da câmara, para um mandato de 4 meses.  Joaquim Neto, quando eleito pela terceira vez prefeito de Sátiro Dias, me convidou para ser secretário de administração. No final do mandato, tive um problema grave de saúde que levou a família para Salvador, onde fiquei um tempo internado.

Fui coordenador na região de Alagoinhas até Crisópolis e Itapicuru, na última eleição para governador, pelo entrosamento que tenho aqui.  Depois vim para estudar o terreno em relação à candidatura de Joaquim, se seria ele a pessoa a quem o grupo de ACM e Paulo Souto apoiaria. Ele foi escolhido porque tinha uma rejeição mais baixa. Trabalhei com as lideranças locais e fui o responsável pela ida dele para o DEM.

Caso conseguisse que Joaquim se elegesse em Alagoinhas, eu estaria credenciado para me candidatar a deputado estadual, sobretudo por que não há deputado do nosso grupo em uma área muito grande que vai de Pojuca até Paulo Afonso.  No início do ano, conversamos com ACM Neto, informando que eu seria candidato a deputado e, a partir daquela data, Neto me designou como representante do grupo, reconhecendo que não tem ninguém do nosso campo com a capilaridade que tenho na região. Daí chegamos às dobradinhas com deputados federais” Finalizou Melo.

Segundo Geraldo, serão vários, mas em Alagoinhas e região o parceiro natural será Paulo Azi. Na região de Canavieiras, Adolfo Viana; em Pojuca, João Gualberto e por aí segue formando parcerias em diversas regiões.

Geraldo não tem nenhuma preocupação com adversários, enxerga seu campo político totalmente aberto. Quanto à votação em Alagoinhas, tem plena consciência de que dependerá muito da aprovação ao governo Joaquim Neto.

Redação Se Liga Alagoinhas com Esplanada Agora

Deixe uma resposta