Confira como foi a visita da equipe do site Se Liga Alagoinhas as instalações da BSC Copener no Polo Industrial de Camaçari

Publicidade 2

Na última quinta-feira (01), o portal Se Liga Alagoinhas esteve no Polo Industrial de Camaçari visitando a única produtora de celulose solúvel da América Latina a Bahia Specialty Cellulose/Copener (BSC/Copener).

Poucos sabem, mas a BSC/Copener é uma empresa destinada à produção de celulose solúvel em larga escala a partir do eucalipto, e este é obtido na base florestal da mesma, formada por cultivos sustentáveis localizados em 21 municípios baianos, incluindo Alagoinhas, Aramari, Esplanada, Entre Rios Catu e Cardeal da Silva, que juntas possuem uma área de 150 mil hectares. Destes, 84 mil destinam-se ao plantio de eucalipto, 58 mil referem-se às áreas de preservação permanente e reserva legal e os demais 8 mil hectares correspondem, principalmente, às áreas de infraestrutura e estradas.

 A celulose solúvel extraída do eucalipto é comercializada para as indústrias de alimentos, medicamentos, cosméticos, tecidos, utilizada na fabricação dos sorvetes, refrescos em pó, creme dental, comprimidos, armações de óculos, batons, cabos de ferramentas, cintos de segurança, pneus, fios cirúrgicos, colírio, detergentes, vernizes e cigarro.

Para abastecer as áreas de plantio, a BSC/Copener possui um viveiro de produção de mudas na cidade de Entre Rios-BA. Ocupando uma área de aproximadamente 13 hectares, o viveiro possui a capacidade de produzir mais de 24 milhões de mudas de eucalipto anuais.

Somando as atividades industriais e florestais, o resultado é de pelo menos 4 mil empregos diretos, que além de condições dignas de trabalho a BSC/Copener oferece oportunidade de crescimento profissional e pessoal aos seus colaboradores.

Programa Sociais:

Os projetos sociais da BSC/Copener estão reunidos em três programas principais que são:

  • Educar com você
  • Empreender com você
  • Dialogar com você

Cada programa abriga diferentes projetos que juntos beneficiam mais de 34 mil pessoas na região de atuação.

Entre os programas sociais temos o do resíduos de madeira que em atendimento à demanda das comunidades vizinhas pelos resíduos de eucalipto deixados no campo após a colheita da madeira, a BSC/Copener decidiu dar uma destinação social a esses matérias.

Para isso, elaborou o Procedimento para Catação de Resíduos Florestais que foi apresentado à superintendência regional do trabalho e emprego (SRTE).

Para participar do projeto, os beneficiários devem ser cadastrados, participar de treinamentos e integrar alguma associação ou cooperativa. Após aprovação da SRTE o projeto já beneficiou mais de 180 famílias em 2017 e capacitou mais de 590 pessoas.

Você sabia?

Alguns trabalhos científicos demonstram que o consumo de água pelas plantações de eucalipto pode ser inferior ao da floresta nativa, principalmente no início do ciclo.

Como todas as formações florestais, o consumo de água pelas florestas plantadas aumenta na época das chuvas, quando o volume hídrico no solo é elevado e suficiente para suprir os mananciais. Contudo, nos períodos mais secos a perda de água por evapotranspiração das árvores diminui consideravelmente.

A folhagem do eucalipto também retém menos água das chuvas que as árvores de florestas naturais tropicais, que possuem copas mais amplas (maior índice de área foliar). Por isso, nas áreas de plantio de eucalipto, parte do volume pluviométrico escoa diretamente pelos troncos e atinge o solo, ao passo que, em florestas naturais tropicais, um volume maior é retido nas copas e posteriormente evapora.

A Tabela abaixo mostra a eficiência de consumo de água do eucalipto comparativamente a outras culturas agrícolas.

Comparação entre o consumo de água do eucalipto e o de outras culturas
Cultura Eficiência do uso da água
Cerrado 1 kg de madeira/ 2500L
Batata 1 kg de batata/ 2000 L
Milho 1 kg de milho/ 1000L
Cana-de-açúcar 1 kg de açúcar/ 500L
Eucalipto 1 kg de madeira/ 350 L

Fonte: Novais et al, 1996

 

 

1 COMENTÁRIO

  1. Caros colegas de jornalismo, agradeço-lhes pela reportagem. Foi um prazer receber a equipe do Se Liga Alagoinhas em nossa fábrica. A BSC/Copener continua de portas abertas para novos encontros. Forte abraço!

Deixe uma resposta