Morte de micos em condomínio em Costa do Sauípe preocupa moradores que suspeitam de febre amarela

Publicidade 2
Foto: Divulgação

A morte de, aproximadamente, 15 micos em um condomínio em Costa do Sauípe, no município de Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador, tem preocupado os moradores que temem que os animais estejam com febre amarela. Ao BNews, um morador contou que desde setembro os micos começaram a aparecer mortos no condomínio Casas de Sauípe.

Preocupados, os moradores levaram os animais para a prefeitura de Mata de São João para que fosse feita uma análise para descobrir a causa das mortes dos micos. O denunciante contou que a administração do condomínio liga para a prefeitura, que diz ainda não ter resposta para a análise, mas, em contato com a o Lacen, o laboratório teria dito que já repassou o resultado para a prefeitura.

“A gente não sabe se eles querem camuflar a informação. A gente fica preocupado de estarem com medo de perder a força do verão e não queiram divulgar”, explicou o morador.

A assessoria de imprensa da prefeitura afirmou que o município levou três micos encontrados mortos no condomínio e deu entrada no Lacen, que é o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia, e não obteve retorno. “Nós não podemos dizer que é positivo ou negativo sem a entidade nos dar essa resposta”.

Ainda de acordo com a assessoria, a coordenadora da Zoonose de Mata de São João, Fátima Grande, estará fazendo uma visita na terça-feira (9), ao Lacen para cobrar uma resposta, já que o resultado está demorando de sair. Com BNews

Deixe uma resposta