Homem que matou ex-companheira a facadas em passarela é preso

Publicidade 2
Homem será indiciado por feminicídio (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O homem que matou a facadas a ex-companheira em uma passarela da Avenida Paralela, em Salvador, na noite da última sexta-feira (29), foi preso e confessou o crime. A informação foi divulgada pela Polícia Civil neste domingo (31).

Remerson Lima de Souza, conhecido como “Zoião”, de 41 anos, se apresentou no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP), acompanhado de um advogado, na noite de sábado (30). Ele confessou ter matado Joelma Reis da Silva, de 28 anos. A vítima foi morta na frente das duas filhas, de 2 e 9 anos.

Em depoimento à delegada Patrícia Brito, que estava no plantão do DHPP e cumpriu o mandado, Remerson alegou ter perdido a cabeça por não aceitar o fim do relacionamento. O crime aconteceu na altura do Bairro da Paz. De acordo com a Polícia Civil, Remerson será indiciado por feminicídio.

Crime

O crime aconteceu na última sexta-feira. Joelma Reis da Silva foi morta com vários golpes de uma faca do tipo peixeira no pescoço, na frente das duas filhas, de 2 e 9 anos. Uma das filhas chegou a ser quase atropelada ao pedir socorro, depois do crime, para os carros que passavam na pista.

Segundo a polícia, Remerson conversava com a vítima sobre o fim do relacionamento antes de cometer o crime. Depois de matar a ex-companheira, ele fugiu do local com a filha de 2 anos da vítima no colo, também acompanhado da mãe, Raimunda Justina Lima.

A Polícia Civil não informou o paradeiro das duas filhas de Joelma, assim como não divulgou se a mãe do suspeito já foi ouvida. Também não há informações sobre o enterro da vítima. Com G1

Deixe uma resposta