DesafioCriativosdaEscola
Destaque Notícias de Alagoinhas Últimas notícias

Estudantes vencem prêmio nacional por aproximar pais e jovens em vulnerabilidade social

DesafioCriativosdaEscola
Os jovens receberam a premiação no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, pelo projeto ‘Da Escola Para o Mundo’
(Foto: Divulgação)

Esta terça-feira (5) entra para a história dos estudantes Islaine Medeiros, 16 anos, Adrielle Bispo, 18, Carlos Henrique, 18, e Jeane Flávia, 17, que conquistaram o prêmio ‘Desafio Criativos da Escola’, iniciativa do Instituto Alana. Os três primeiros receberam a premiação no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, pelo projeto ‘Da Escola Para o Mundo’. Desenvolvido no Colégio Estadual Deputado Luís Eduardo Magalhães, em Alagoinhas, no âmbito do Programa Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado, o projeto é voltado para jovens em situação de vulnerabilidade social e foi um dos 11 premiados entre 1.492 projetos inscritos de todo o país.

 
O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, comentou que a premiação “reflete o quanto nossos estudantes são criativos e o quanto os nossos professores estão engajados e preocupados em promover ações que demonstram o olhar da escola para a comunidade. Portanto, esta jornada de aprendizado tem que ser vista como um momento de continuidade para novas conquistas”.
 
Acompanhados pela professora orientadora Maria de Lourdes  Ramos, Islaine, Adrielle e Carlos Henrique, que fazem o curso técnico de Recursos Humanos, estavam radiantes por mais essa conquista. O projeto já foi selecionado, premiado e exposto em feiras e mostras nacionais de Ciência e Tecnologia, em Recife, Salvador e no Pará. 
Como uma das premiações, os estudantes já asseguraram participação, em 2018, na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), em São Paulo (Poli-USP). O projeto ‘Da escola para o mundo’ envolve ações em sala de aula, reuniões, oficinas nos finais de semana, acompanhamento psicológico e orientação vocacionais com os jovens residentes na comunidade do entorno da escola.
 
Durante a premiação, os estudantes falaram para a plateia sobre o êxito do projeto. “Percebemos que os pais não tinham diálogo com os filhos e começamos a nos mobilizar para levar as famílias para a escola”, contou Carlos Henrique. “A partir daí, com a orientação da maravilhosa professora, a gente viu que os pais não têm simplesmente a responsabilidade de educar os filhos, mas também na maneira como eles se veem, porque quando os pais acreditam na gente, a gente passa a ter uma autoestima muito elevada e a confiar em nós mesmos”, afirmou Adrielle. 
Islaine acrescentou que “não foi fácil trazer os pais para a escola. Mas usamos algumas estratégias, como reuniões sobre a importância da base familiar para a formação humana e integral e uma ampla divulgação nas escolas vizinhas e até em postos de saúde”.
Protagonismo estudantil
 
De acordo com a professora e orientadora Maria de Lourdes Ramos, o desafio agora é ampliar o projeto, envolvendo ainda mais os jovens e os estudantes. Para isso, será criado, no colégio, um Núcleo de Pesquisa Científica para estabelecer um planejamento de trabalho para 2018. “Eu estou muito realizada. A principal conquista para mim é fazer com que esses estudantes tenham orgulho do bairro que eles moram, o Barreiro, um bairro de periferia, fazendo com que, através da educação e da experimentação científica, possam mudar histórias de vidas, a deles e dos colegas”. 
 
A coordenadora do Ciência na Escola, Shirley Costa, que acompanha o grupo no Rio de Janeiro, ressaltou que a premiação reflete o protagonismo estudantil na rede estadual. “Este é um momento maravilhoso para a Bahia. É incrível perceber o crescimento intelectual e humano dos nossos estudantes. É emocionante perceber que fazer educação pela pesquisa é o melhor caminho. Estar aqui neste momento, para o Ciência na Escola e para a Educação da Bahia, é realmente ter a certeza de que a Bahia está no caminho certo, valorizando o protagonismo destes estudantes”, comemorou.
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação

Ultimas Notícias

  • 2
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *