Destaque Notícias de Alagoinhas

Prefeito Joaquim Neto assina ordem de serviço para a construção da Escola Érico Veríssimo

“Nossos alunos nunca tiveram escola com cara de escola. A gente viu uma escola ali embaixo que tinha cara de casa de farinha”. Foi com essa declaração que a vice-diretora da Escola Municipal Érico Veríssimo, Eniraí Gama Santos, deu início aos discursos que antecediam a assinatura da Ordem de Serviço para a construção de uma nova unidade escolar na região de Capoeira.

A unidade que foi construída pelas mãos da própria comunidade – já que, há cerca de 30 anos, foram os próprios moradores que levantaram a construção a partir do material cedido pela Prefeitura – resistia atendendo a uma média de 30 alunos sem infraestrutura adequada e com condições precárias de estudo.

Mas, no último domingo (3), um passo fundamental foi dado para mudar essa realidade. É que o prefeito Joaquim Neto esteve ontem na sede improvisada para assinar uma Ordem de Serviço de construção da nova escola Érico Veríssimo. Ele estava acompanhado do Secretário Municipal de Educação, Fabrício Faro, e dos vereadores Raimundo Alves dos Santos (Gody), Jorge da Farinha e Luciano Almeida, além do Secretário de Governo José Edésio Cardoso e da Subsecretária da SEDEA, Jaldice Nunes.

“Ela já estava há muito tempo em uma situação deplorável. Aí a escola funcionava temporariamente em um prédio da comunidade, da associação, em uma situação que, na verdade, não é uma situação em que se deve funcionar uma escola”, destacou o Secretário Fabrício Faro, que completou, “as instalações onde estava funcionando – e nesse momento eu agradeço à comunidade por ter oferecido a sede da associação – não eram condizentes com uma sala de aula de uma escola. E aí a comunidade, por estar desacreditada, transferia seus filhos para outras unidades escolares. Mas, acredito que, com a construção da escola Érico Veríssimo aqui, esses alunos vão regressar”.

Para Iraci Gama, vice-prefeita do município, a conquista é fruto da luta de muita gente que não teve o privilégio de aprender em sala de aula, mas que se dedicou para que o filho, o neto e o vizinho tivessem acesso à educação de qualidade. “O nosso amanhã já é hoje. É por aqui que a gente começa”, pontuou a professora.

Mais de 238 mil reais deverão ser investidos na obra, que vai contar com 2 salas de 48m2,, cozinha, área de lazer e sanitários. De acordo com o Secretário, a previsão é de que o investimento do Prefeito beneficie 100 estudantes. “Minha primeira obra foi uma quadra de esportes na Baixa da Candeia. Com onze meses de trabalho, já estamos assinando o documento para a primeira obra de construção da Educação. Eu quero apagar as velinhas da inauguração dessa escola em Capoeira no meu aniversário, dia 29 de abril”, afirmou o Joaquim Neto.

Ao ver que a obra esperada durante anos vai sair do papel, a professora Aracy Alves de Jesus, que dedicou quase três décadas de vida ao ensino nas salas de aula de Alagoinhas, finalmente vislumbra novas possibilidades para o incentivo ao estudo nas zonas rurais. “Eu me sinto realizada, porque foi uma luta nossa, desde quando a gente chegou aqui, 27 anos atrás, que eu sempre esperava o melhor para a nossa comunidade, para as nossas crianças”, ressaltou a professora, que destacou, “Tem cinco anos que a gente está aqui esperando. E agora foi muito ligeiro, muito rápido. A gente não esperava de jeito nenhum que isso fosse acontecer, sabe? A gente pensava que ia começar tudo de novo a espera. Principalmente com um prefeito que está chegando agora, né? A gente não esperava. A gente lutava, sempre ia lá pedir, mas nas nossas reuniões, a gente falava ‘vai ser mais um ano empurrado com a barriga e nossa escola não vai sair’, entendeu? Então eu estou feliz, realizada. Foram 27 anos de glória, graças a Deus. Por intermédio dele, do nosso prefeito, né? E de Fabrício que é um amor”.

A assinatura da Ordem de Serviço demarca um passo importante para que as obras sejam viabilizadas. O Secretário de Educação enfatizou que vai entrar em contato com a empresa responsável pela construção para que, se possível, haja prioridade aos moradores do bairro na escolha da mão de obra que deve trabalhar para erguer a nova escola Érico Veríssimo.

Fabrício Faro também informou que outros investimentos em Educação estão sendo viabilizados pela Secretaria em todas as áreas da cidade e da zona rural. “Acredito que, para começar o mês de dezembro, para a Educação, foi extremamente importante esta Ordem de Serviço e acredito que ainda este mês a gente possa estar entregando duas novas intervenções, uma na Mangueira e a outra na Conceição, justamente para a gente fechar o ano com chave de ouro”, pontuou. A construção da Unidade Escolar Érico Veríssimo, que deve começar no primeiro semestre de 2018, é iniciativa da Prefeitura Municipal, que vai criar a escola com recursos próprios. Secom – PMA

Ultimas Notícias

  • 7
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *