Bahia

Vitória vence Ponte Preta e se mantém fora do Z-4

Foto: Divulgação

Em uma partida marcada por cenas lamentáveis pela invasão da torcida da Ponte Preta no gramado, o Esporte Clube Vitória venceu o duelo diante da equipe alvinegra por 3 a 2, em duelo disputado na tarde deste domingo (26) no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, no interior de São Paulo.

Com o resultado positivo, o Leão se manteve fora da zona de rebaixamento, na 15ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro, com 43 pontos. O placar rebaixou a Macaca para a Série B da competição. Os gols do Rubro-Negro foram marcados pelos atacantes André Lima e Santiago Tréllez.

Primeiro tempo – O jogo começou bastante corrido em Campinas e, para piorar a situação do Vitória, os anfitriões abriram o placar logo no início do duelo. Aos 6 minutos, após cruzamento pela esquerda, o zagueiro Wallace desviou errado e a bola sobrou para Lucca. Sem marcação, o atacante chutou forte e deixou o seu.

Aos 11, falta para Ponte. O meia Danilo Barcelos cobrou por baixo e, por pouco, não enganou o goleiro Fernando Miguel, que impediu o segundo gol do time alvinegro. Aos 14 minutos, pênalti a favor dos donos da casa. Novamente, Barcelos chamou a responsabilidade, acertou o pé e ampliou o marcador.

Aos 41 minutos, grande oportunidade a favor da Macaca. De trivela, o lateral Nino Paraíba acertou um chutaço e obrigou Fernando Miguel a se esticar todo para poupar o Leão de tomar o terceiro gol na primeira etapa da partida.

Já nos acréscimos, o meia Yago arriscou um chute de fora da área e a bola passou perto da meta defendida pelo goleiro Aranha.

Segundo tempo – O técnico Vagner Mancini preferiu não fazer mudanças no time durante o intervalo. A reação rubro-negra começou aos 12 minutos. Após cobrança de escanteio, o meia Danilinho desviou para a pequena área e André Lima completou de cabeça para o fundo das redes.

O placar não demorou muito tempo. Dois minutos depois, o colombiano Santiago Tréllez limpou a marcação e chutou da intermediária. A bola desviou em Luan Peres e enganou Aranha. Tudo igual no Moisés Lucarelli.

Aos 24, pressão do Vitória em busca do terceiro. Yago cobrou escanteio e Léo Gamalho afastou. Da entrada da área, Uillian Correia acertou um belo chute, que assustou a torcida nas arquibancadas.

O banho de água fria nos torcedores da Ponte Preta veio aos 36 minutos. Após contra-ataque rápido, Tréllez tabelou com Danilinho e ficou de cara com o gol para decretar a virada rubro-negra.

Logo em seguida, grande parte da torcida alvinegra invadiu o gramado e a partida foi paralisada. Jogadores dos dois times correram para os vestiários, enquanto a polícia retirava os invasores. Sem clima para recomeçar o confronto, o jogo foi encerrado: 3 a 2 a favor do Vitória.

Sequência – Agora, em situação mais favorável na tabela, o próximo compromisso do Leão será diante do Flamengo. As equipes se enfrentam no próximo domingo (3), às 16h (horário local), no Barradão.

Com Bahia.ba

Ultimas Notícias

  • 1
    Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *