Destaque Notícias de Alagoinhas

Ouvidoria Municipal atende mais de mil pessoas na ação desenvolvida junto à localidade Estevão

Unidade móvel de saúde, estande de vacinação, espaço de barbearia e corte de cabelo, limpeza de pele, massoterapia, oftalmologia, atendimento de saúde, samba de roda e feira com produtos da agricultura familiar. Dito dessa forma parece completamente desconexo e sem sentido. É que unir tantas coisas diferentes em um único espaço pode parecer loucura, mas foi apostando na diversidade de atendimentos e nas variadas demandas da população local que a administração pública municipal, por meio da Ouvidoria dos Bairros, reuniu representantes de todas as Secretarias na Praça Basílio Rufino, na localidade de Estevão, para atender a comunidade e dar suporte às demandas da região.

Além de oferecer atendimentos básicos de saúde e de contar com apoio de empresas que levaram para a praça serviços de beleza gratuitos, no último domingo (20), a ação também contou com profissionais de órgãos públicos municipais, como o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), que se disponibilizou a ouvir demandas e dificuldades da população para pensar soluções e melhorar a qualidade de vida nessas áreas.

“Na realidade, eu estou muito feliz. Estou maravilhada com a ouvidoria, porque eu não conhecia. Disseram pra mim que já existia, mas eu não sabia. Nunca ouvi falar que eles fossem aos bairros, fazer essas parcerias. A gente faz nossos pedidos, nossas reivindicações. Então quer dizer, o prefeito não tem condição de ver tudo e saber tudo de Alagoinhas, né? Então a ouvidoria vai de bairro em bairro, chega numa comunidade dessas. Nós reunimos cinco comunidades aqui. Cinco comunidades pra fazer nossas reivindicações, pra fazer PSA. Muito bom. A ouvidoria está de parabéns, realmente”, avaliou Claudia Paranhos, moradora do Estevão há 14 anos.

Ivone Correia dos Reis, moradora do Milagre, nas proximidades da região, também gostou das atividades. “Vim pra me consultar e fazer o preventivo. Foi bom, porque teve aí coisas que a gente teve acesso também, como aferir pressão, olhar a glicemia, tomar vacina, então foi muito bom”, afirmou.

Para Cosme de Jesus da Silva, presidente da associação dos agricultores e moradores do Estevão, a iniciativa facilita o diálogo com o poder público. “Eu estou achando uma maravilha. E acho importante porque, a gente, das comunidades, sempre tem as nossas demandas, nossas reivindicações, e a gente tem que sair pra entregar ofícios, ir às Secretarias, e é uma loucura. Hoje eu aproveitei a oportunidade, visitei todas as secretarias, passei todas as demandas, peguei ofícios, passei as reclamações. Agora, cada Secretaria vai sair daqui com as reclamações e cabe agora, depois daqui, ver o resultado das ações desse dia”, comentou o presidente.

O prefeito Joaquim Neto também esteve no local. Ele percorreu estandes, salas, e passou pelas unidades móvel e local de saúde para cumprimentar os profissionais e ouvir parte das demandas da população. Durante o percurso, o que ele encontrou foi movimento intenso de pessoas como Valdir de Jesus Santos, que se deslocaram para buscar consulta médica e falar sobre as necessidades do bairro. “Vim consultar. Trouxe os exames para a médica olhar. Sou do Papagaio II, próximo daqui. Pra mim foi bom, foi um atendimento legal. É pra melhorar a saúde da gente, eu penso que seja pra isso”, pontuou.

De acordo com o ouvidor David Correia Ribeiro, o objetivo da ação é levar melhorias para a qualidade de vida do cidadão. “Nós trazemos os estandes de todas as secretarias da prefeitura e das autarquias para estarem prestando atendimento ao cidadão. Além disso, nós aliamos aos serviços. Nós estamos com vários parceiros e trazemos serviços que o cidadão, no seu dia a dia, paga, e nós trazemos de forma gratuita. Serviços na área de beleza, de massoterapia, sorteios de cursos técnicos, de cursos de idiomas, cursos preparatórios profissionalizantes. Trazemos também um atendimento específico na área de saúde de forma gratuita. Oftalmologia, clínico geral, nutrição, psicologia, entre outros”, explicou.

Segundo o ouvidor, até o final da ação desse domingo, a expectativa era atender mais de mil pessoas entre os serviços prestados. David Ribeiro destacou que o evento não é pontual e que, até o final do mês, quando acontece a última Ouvidoria do ano, em Alagoinhas Velha, ele pretende superar a meta e chegar ao balanço final de 5 mil atendimentos nas atividades realizadas durante esse primeiro período. “Eu gostaria de agradecer a confiança e a credibilidade que a comunidade tem dado à Ouvidoria. O prefeito Joaquim Neto tem nos orientado para que a gente faça o melhor para a nossa população e aqui estamos para executar a ordem do nosso chefe”, disse o ouvidor, que reafirmou a importância dessa estratégia para utilizar informações e dados reais na transformação da realidade dessas comunidades. “O trabalho não vai parar, pode ter certeza. Em 2018, tem muitas surpresas boas para a nossa população”, garantiu.

Quem esteve pelo Estevão nesse domingo e conseguiu realizar o atendimento, registrar a queixa ou falar diretamente às secretarias sobre as dificuldades locais, pode até fazer como Antônio Bispo dos Reis, que parou para cortar o cabelo e soltou logo o “feedback” do dia: “beleza pura!”.
A próxima ação, em Alagoinhas Velha, deve acontecer ainda esse mês, segundo o ouvidor David Ribeiro.

Serviço
O contato com a Ouvidoria de Alagoinhas pode ser feito pelo telefone (75) 3422-3221 ou gratuitamente pelo número 0800 075 3422. Também é possível falar diretamente na sede do órgão, que fica na Prefeitura Municipal e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

Ultimas Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *