No sudoeste, Rui autoriza recuperação BA 612

Publicidade 2
Rui autoriza recuperação BA 612

Mais 25 quilômetros de estradas serão recuperados no sudoeste da Bahia. O governador Rui Costa assinou a ordem de serviço para a recuperação de 12 quilômetros da BA 612 que ligam Candiba a Pilão e outros 13 da BA-912 que ligam o Distrito de Ceraima a Guanambi.

Rui também entregou 42 barracas para feira livre, 50 mil mudas de palma forrageira para 50 famílias do semiárido, quase 1.400 certificados de Cadastro Ambiental Rural, assinou convênio para assistência técnica e aquisição de veículos , por meio do programa Mais Ater, e autorizou a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada ä Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a celebrar convênio para mecanização rural, objetivando a limpeza de afiadas e preparo do solo.

O governador destacou a recuperação de estradas, informando que “são mais 12 quilômetros de estrada ligando Pilão até Candiba e outros 13 ligando Guanambi até Ceraima. Então, é preciso tomar cuidado. Fica o meu pedido, porque com as estradas boas é preciso ter responsabilidade para evirar acidentes, principalmente de moto”.

O empresário Evaldo Viana tem um laticínio à margem da BA 612, já próximo a Candiba. “Eu estou ampliando o laticínio, onde produzo queijo, requeijão,  iogurte, e a recuperação da estrada é importante para o escoamento de toda essa minha produção para os municípios da região”.

O secretario  estadual de  Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, disse que duas estradas serão recuperadas na região. “Uma é o acesso ao município de Candiba, com aproximadamente 12 quilômetros, e outro é o acesso ao distrito de Ceraima, em Guanambi, onde está implantada uma sede do Instituto Federal de Educação  (Ifba). Portanto vai facilitar o acesso dos alunos”.

Segundo  ainda o secretário, o Governo do Estado  está trabalhando para que em 2018 mais de cinco mil quilômetros de rodovias estejam em obras. “Na próxima semana, o governador Rui Costa vai estar em outros municípios assinando ordens de serviço, e, no mês de novembro, nós temos uma série de novos contratos sendo assinados”.

Agricultura Familiar

O agricultor Familiar Osvaldino Pereira tem 64 anos e mora há 45 na propriedade rural que agora está certificada. “A gente não tinha documento nenhum, é receber o certificado da mão do governador é uma felicidade muito grande. Agora, eu posso ir no  banco e fazer um financiamento para investir na minha propriedade”.

Sobre a distribuição de mudas de palma, Rui afirmou que por muito tempo se usou a expressão combater a seca. Não se combate o clima. A gente aprende a conviver e a produzir nas regiões , e a palma é um produto importante para alimentar os animais em período de seca. Por isso, nós adquirimos 19 milhões de mudas de palma e entregamos aqui, hoje 50 mil mudas,  para os agricultores fazerem a reserva alimentar. 

Também acompanharam o governador na visita ã região, os secretário Vitor Bonfim (Agricultura) e Jerônimo Rodrigues (Desenvolvimento Rural)

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Deixe uma resposta