Prefeitura autua empresa por poda irregular

Publicidade 2

A Prefeitura de Alagoinhas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente (SEDEA), conferiu auto de infração de advertência e multa à empresa G Barros Construtora e Locação de Máquinas, pela poda irregular de duas árvores localizadas entre a Avenida Joseph Wagner e o Conjunto Pinto Aguiar. A empresa também irá realizar a doação de mudas de espécies arbóreas de médio porte, ricas em floração, para o município, além de realizar a nutrição das árvores agredidas.

A SEDEA esclarece que das cinco árvores podadas pela empresa, em apenas duas foram constatadas irregularidades, um pé de jamelão e outro de amendoeira. Em ambos os casos foi realizado a poda total da copa das árvores, quando mesmo em situações de poda drástica, quando a árvore oferece risco à segurança pública, o correto é podar no máximo 70%.

Segundo o secretário Bruno Fagundes, a intenção da pasta é transformar esse ato de destruição ambiental em uma ação educativa. “Estamos articulando com as secretarias de Serviços Públicos (SESEP) e de Educação (SEDUC) para que o plantio das mudas doadas seja feito pelos estudantes da rede municipal em espaços públicos da cidade, em uma grande ação de educação ambiental. As árvores públicas são patrimônio da cidade, por isso devemos preservá-las e cuidá-las como fazemos com os jardins de nossas residências”, ressaltou.

Para evitar que novas podas irregulares aconteçam no município, a SEDEA elaborou um manual detalhado sobre o procedimento adequado para poda, incluindo casos que merecem cuidados especiais, a exemplo das árvores do Tamarineiro, ponto de importância histórica e cultural para a cidade. “Algumas delas precisam de um tratamento específico no tronco, caso o contrário, com o passar dos anos, podem vir a apresentar risco de desabamento”, explicou Fagundes.

Secom – PMA

Deixe uma resposta