Eleições 2018 – ACM Neto e Imbassahy se encontram em Brasília

Publicidade 2

Neto afirma que Imbassahy deve participar de discussão sobre as eleições 2018

Em meio às especulações sobre a suposta articulação do presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR), para filiar à sua legenda o ministro Antonio Imbassahy (PSDB), com vistas à viabilizá-lo na vaga ao Senado em provável chapa de ACM Neto (DEM) em 2018, o prefeito de Salvador encontrou-se, nesta quarta-feira, 27, com o tucano em Brasília, em uma reunião que durou horas.

Neto disse para a reportagem que a reunião ocorreu para tratar de liberação de verbas para obras na capital baiana, embora não tenha detalhado. Perguntado sobre a ida de Imbassahy para o PMDB com a finalidade de compor uma suposta chapa, o prefeito disse que não descarta conversas com o partido aliado para essa finalidade, mas deu a entender que ainda é cedo para tratar do assunto. O PMDB tem a vice-prefeitura de Salvador.

“Nada acontecerá antes da virada do ano (…).Imbassahy é um quadro importante da política baiana, de muito valor, um ex-prefeito de Salvador com trabalho reconhecidíssimo e um deputado federal articulado, ministro influente, então vai participar da discussão do projeto futuro para a Bahia”.

Quanto ao projeto político do DEM para 2018, ACM Neto garante que a prioridade é se firmar na política nacional como um partido forte e toda a construção do planejamento deve ser exclusivamente dos democratas.

“Não quer dizer que não vamos poder dialogar com PSDB ou outros partidos, mas não é a nossa prioridade. (A prioridade) não é construir, neste momento, uma aliança em torno de um candidato de fora do partido. Não está descartado, mas a prioridade é lançar um candidato próprio”. Para o prefeito de Salvador, os últimos acontecimentos da política nacional mostram o DEM como um partido que terá protagonismo nas próximas eleições.

Huck

O encontro entre ACM Neto e o apresentador de televisão Luciano Huck no início desta semana reforça os rumores de que a celebridade é cortejada pelo partido para um protagonismo pela legenda nas eleições de 2018.

Nesta quarta em Brasília, no entanto, ACM Neto desconversou sobre a intenção de filiar Huck ao DEM para disputar alguma vaga no pleito do próximo ano. “As conversas não acontecem com esta perspectiva, mas não descartaria nenhuma hipótese”, disse o prefeito.

Além de Huck, ACM Neto revela que o partido se articula com outros nomes, sem mencionar se já pertencem ao mundo político ou são de outros setores, como o caso do apresentador do programa de TV Caldeirão do Huck.

“Todas as conversas que fazemos, com diversas personalidades do Brasil, são com pessoas que estão preocupadas com o futuro e a política do Brasil e têm um olhar para 2018”.

Atarde

Deixe uma resposta