Esplanada | Sentados no chão, clientes reclamam do atendimento no Banco do Brasil

Publicidade 2
IMAGEM: REDES SOCIAIS

Entre os bancos da região, a Agência Esplanada está entre as piores no momento, tanto na burocracia, quanto no atendimento, é o que relatam usuários da instituição.

Sobre o atendimento, é indiscutível que alguns dos funcionários têm até a boa vontade de resolver os problemas levados pelos clientes ou por aqueles que tentam ser clientes da referida Agência, porém, se esbarram, segundo eles, na burocracia interna do próprio banco e na alta demanda de atendimento para poucos funcionários.

Clientes aguardando atendimento sentados no chão há horas, superlotação, e calor, esses são alguns dos problemas encontrados por quem visita a agência do BB de Esplanada. Além de comprovar a ineficácia da Plataforma de Suporte Operacional (PSO), coloca clientes e bancários em um cenário de completo desrespeito. 

Segundo sindicalistas, o BB na sua perseguição burra da redução de custos, fez um plano de desligamento funcional que causou um prejuízo de quase 1 bilhão e que lhe trouxe uma perda de mais de 7 mil funcionários de carreira altamente treinados e qualificados com investimento do próprio banco. Fez um plano de desligamento pensando em pouco mais de 2 mil pessoas e perdeu grande parte de seu conhecimento gerencial e administrativo – aliás, perdeu para o mercado concorrente.

Pela manhã, populares flagraram uma filas grandes para serem atendidas e pouquíssimos caixas. Boa parte das pessoas que aguardavam eram idosos com dificuldade de locomoção.

Para se ter uma ideia da morosidade dos serviços, clientes chegam a ficar até 03 horas a espera de atendimento, sem direito a beber água, pois a agência não dispõe de um bebedouro de fácil acesso e, para piorar a situação, em caso de urgência, os usuários também não contam com banheiros a disposição.

Pessoas que entraram em contato com o portal Esplanada News sentiram na pele a dificuldade no atendimento na Agência. Estiveram na Agência Esplanada por várias vezes para resolverem demandas e em conversa com várias pessoas que se encontravam no local, perceberam a insatisfação do público que reclamava da demora no atendimento e da burocracia. 

Outro ponto a ser mencionando, é o fato de que aos feriados e finais de semana, dependendo do horário, os clientes não contam com o serviço dos caixas eletrônicos, pois os mesmos têm horários e dias determinados para saques.

Portal Esplanada News 

Deixe uma resposta