Destaque Notícias de Alagoinhas

Dirigentes de curso de Medicina aprovam estrutura da rede de saúde de Alagoinhas

Dirigentes de curso de Medicina

Os gestores do Centro Universitário Estácio de Sá estiveram em Alagoinhas nesta quarta-feira (16) em visita técnica para implantação da faculdade de Medicina no município. Recepcionados na Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), a equipe vistoriou as instalações da Policlínica e de unidades de saúde da rede municipal. A avaliação positiva dos gestores reafirmou o compromisso de cooperação entre Universidade e Prefeitura.

De acordo com Silvio Pessanha Neto, gestor nacional e coordenador geral do curso de Medicina da Estácio, o compromisso da administração municipal com a saúde pública é notável. “Já visitamos as unidades da rede municipal de saúde anteriormente e, mais uma vez, sigo tranquilo, pois percebo as constantes melhorias que a Prefeitura vem implementando no município”, afirmou. “Alagoinhas se torna a segunda cidade no Nordeste a receber o curso de Medicina da Estácio e acreditamos que em março a nossa primeira turma estará entrando em sala de aula”.

De acordo com o secretário de saúde, Rodrigo Matos, todas as intervenções seguem as diretrizes definidas pelo Ministério da Educação (MEC). “A Prefeitura de Alagoinhas vem fazendo investimentos para adequar a estrutura aos requisitos necessários, pois entendemos que a chegada do curso de Medicina trará diversos ganhos para à população”, explicou. “Dentre eles, a ampliação da oferta de médicos e atendimentos, atração de investimentos, além do desenvolvimento de toda a região na qual o campus está sendo implantado”.

Em contrapartida, a Estácio de Sá concederá duas bolsas integrais a estudantes nascidos e residentes em Alagoinhas. O ingresso de estudantes será realizado através do Sistema de Seleção Unificada (SISU), utilizando a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Anualmente serão disponibilizadas 65 vagas para o curso de Medicina.

Os gestores da Estácio estimam que, entre o final de outubro e início de novembro, o MEC realizará uma visita ao município para avaliar as estruturas que serão utilizadas no curso e, após parecer positivo, a instituição de ensino divulgará o edital de contratação dos 15 docentes que irão lecionar para os alunos do primeiro ano letivo.

Ultimas Notícias