Contas de Marcelo Nilo de 2012 são aprovadas com ressalvas

Publicidade 2
Por cinco votos a um, as contas da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) no exercício de 2012 foram aprovadas com ressalvas pelos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado, na noite desta quinta-feira (AL-BA). 
 
Pela primeira vez, o ex-presidente Marcelo Nilo (PSL) esteve no órgão para fazer sua defesa.  Nilo disse que só fez a defesa porque tinha a plena certeza de tinha cumprindo todas as recomendações da Corte. 
 
Apenas o voto da relatora foi pela rejeição das finanças. Nilo disse não entender o voto. “Eu esperava ter um resultado de seis a zero porque tenho plena certeza de que cumpri todas as recomendações e TACs que me foram pedidos. Não entendi o voto da relatora, mas o importante é que vencemos essa”, disse. 
 
Vale ressaltar que os ex-deputados e atuais conselheiros do TCE, Gildasio Penedo e João Bonfim votaram a favor de Nilo. Os dois cumpriam mandato em 2012, ano julgado neste processo. 
 
Os ex-deputados também concederam bolsas de estudo, motivo de maior polêmica na relatoria  da conselheira Carolina Costa. (Bnews)

Deixe uma resposta