2ª Vara Cível da Comarca de Alagoinhas recebe Selo Unidade Virtual do Tribunal de Justiça da Bahia

Publicidade 2
Presidente do TJBA, desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago fez a entrega do à juíza titular da Vara, Carmelita Arruda de Miranda

A presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, realizou a entrega do Selo Unidade Virtual à 2ª Vara Cível da Comarca de Alagoinhas, na última segunda-feira (17).

A premiação reconhece o trabalho desenvolvido na digitalização de todo o acervo processual físico das unidades judiciárias de Primeiro Grau que possuam sistema processual eletrônico. O Selo foi entregue à juíza titular da Vara, Carmelita Arruda de Miranda, no gabinete da presidência.

A Vara conta com um acervo de praticamente 15 mil feitos, dentre dos quais, quase cinco mil estavam digitalizados, mas não indexados e liberados nos autos digitais, o que inviabilizava o acesso dos advogados e partes a esses processos. “Nós tínhamos uma equipe muito pequena de três servidores e se tornaria impossível que esses processos fossem digitalizados completamente e colocado à disposição do jurisdicionado”, recorda.

Com o auxílio da Diretoria de Primeiro Grau e da Assessoria Especial da Presidência II (AEP II) foi constituída uma equipe para realização de um trabalho que possibilitou a liberação de todos os autos de processos digitais. “Agora nós podemos dar andamento aos feitos, e isso também representa muito para população, para os jurisdicionados, no sentido de terem acesso aos processos e poderem dar andamento a esses processos”, comemora.

Participaram da entrega, a juíza Marielza Brandão, assessora especial da Presidência para Assuntos Institucionais; Cícero Moura, diretor de Primeiro Grau; Poliana Barros, Chefe de Unidade da Diretoria de 1º Grau; Thais Felippi, Assessora da AEP II ; Rafael Barros Moraes, Diretor de Secretaria da 2ª Vara Cível da Comarca de Alagoinhas; e Simone Feitas Araújo, Escrivã da unidade.

Redação Se Liga Alagoinhas com informações da Ascom TJBA / Foto: Nei Pinto

Deixe uma resposta