Consórcio garante policlínica na região de Ribeira do Pombal

Publicidade 2
Governador assina Protocolo de Intenções de Saúde com Prefeitos da Região de Ribeira do Pombal | Foto: Mateus Pereira/GOVBA
O governador Rui Costa assinou, na tarde desta quarta-feira (12), na Governadoria, o protocolo de intenções para a formação do consórcio da região de Ribeira do Pombal. “Esse é o consórcio da região Nordeste II. A partir de agora, nós vamos registrar o consórcio de saúde da região, transformando o Hospital de Ribeira do Pombal em um hospital do consórcio e também implantando o serviço da policlínica regional”, destacou Rui. 
O acordo estará formalizado oficialmente em um prazo de até 20 dias. “Vamos iniciar essa transição que vai melhorar o atendimento de toda a região, não apenas o atendimento hospitalar, mas o atendimento de diagnóstico, garantindo a realização de exames de endoscopia, ressonância magnética, tomografia, enfim, todos os exames que a população precisa fazer”, acrescentou. 
 
No acordo, o Governo do Estado fica responsável pela construção e aquisição de equipamentos da policlínica, além de financiar até 40% da manutenção, enquanto os municípios consorciados ficam responsáveis pelos 60% restantes. Prefeitos e secretários de saúde das cidades beneficiadas – Antas, Adustina, Banzaê, Cícero Dantas, Cipó, Coronel João Sá, Fátima, Heliópolis, Nova Soure,  Novo Triunfo, Olindina, Paripiranga, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal e Sítio do Quinto – participaram da assinatura do consórcio. 
“Há muitos anos que a gente vem lutando para montar esse consórcio. Muito sensível à causa, o governador assumiu a responsabilidade e chamou os prefeitos para formalizar o consórcio que vai melhor a vida de 400 mil pessoas em relação à saúde”, afirmou o prefeito de Ribeira do Pombal, Ricardo Maia.
 
O investimento total no consórcio é de R$ 2,6 milhões, sendo R$ 1,9 milhão por parte do Governo do Estado. “Nós temos o compromisso de estruturar da região de saúde de Ribeira do Pombal, investindo no Hospital de Santa Tereza, ampliando a Unidade de Terapia Intensiva [UTI], a neonatologia e o centro cirúrgico. Vamos construir também a policlínica, um investimento grande que irá trazer mais saúde e mais resolutividade para todos os moradores da região”, explicou o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas.
Repórter: Lina Magalí

Deixe uma resposta