Exoneração de José Gomes, é o assunto mais comentado na última sessão da Câmara Municipal

Publicidade 2
Câmara Municipal de Alagoinhas
Câmara Municipal de Alagoinhas.

O assunto mais comentado na última sessão da Câmara Municipal de Alagoinhas, que aconteceu no dia 01 de junho, referiu-se à exoneração do Diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE, José Gomes.

“O que menos interessa a população de Alagoinhas é o viés político dessa história. O que deve ser apurado e o que esta Câmara deve estar atenta no desenrolar dos fatos é à fala do ex-diretor José Gomes. É importante que a vinda de Gomes à Câmara seja efetivada, porque de fato precisamos saber o que aconteceu nos bastidores.” Pontuou o vereador João Henrique.

“Esse governo não vai vender o SAAE! Eu tenho informações que desde janeiro já havia conversas e negociações no intuito de vender o SAAE. Vamos passar quatro anos atentos”. “Estive buscando orientação jurídica, Senhor Presidente: podemos fazer um requerimento solicitando a vinda do ex-secretário aqui se os nobres colegas aprovarem que assim o seja. Se esse governo não tem o que esconder porque não trazer o ex-secretário aqui pra falar?”. Afirmou o vereador Pastor Lins.

O vereador José Cleto, trouxe, durante a sua fala a insegurança vivenciada pelos moradores no distrito de Boa União, destacando a necessidade urgente de um destacamento de polícia ostensiva no distrito. “Quero aproveitar a oportunidade também para parabenizar o Prefeito por ter escolhido, mesmo que interinamente, uma funcionária de carreira da SAAE, uma engenheira, a Valéria. Torço e faço votos que dê certo e ela possa assumir o cargo por definitivo, porque não tenho dúvidas que ela prestará um grande serviço para a população de Alagoinhas à frente daquela autarquia. Isso demonstra que o Prefeito não tomou uma atitude tão somente olhando o processo político.”

“Apesar de tantas notícias ruins que a gente vem a cada dia ouvindo, infelizmente, do governo…tive a grata satisfação de receber uma ligação do Departamento Nacional de Combate à Seca, informando que a comunidade do Catuzinho, que ainda não é assistida pelo abastecimento de água pelo município de Alagoinhas, será contemplada com uma emenda. Soube que a aquisição da tubulação já foi realizada e está disponível para que a referida comunidade seja atendida e assistida por um abastecimento de água próprio. Comentou o vereador Anderson Baqueiro.

O vereador Thor de Ninha falou sobre a saída do PV da base do governo Joaquim Neto, citando que é o 2º partido que sai da base este ano e fez alguns questionamentos ao líder do governo, entre eles no que se refere ao rompimento do PRP com o governo, perguntando ao líder: Vocês irão tomar o partido ou pretendem sair do partido? O vereador falou também da felicidade de ter participado da aula inaugural do IF Baiano, no curso de técnicas de vendas que terá duração de cerca de um ano e certificará 48 alunos. Na oportunidade, convidou para os presentes para a audiência pública da sua autoria que será realizada às 8:30h no próximo dia 05 e discutirá a utilização e abrangência do Cartão SUS. Thor reforçou a necessidade de travar esse debate devido, entre outros fatores, à proximidade da 6ª Conferência Municipal de Saúde, que acontecerá no Hotel Absolar nos próximos dias 8 e 9 de junho.

“Certamente a exoneração de Gomes não está vinculada apenas ao que ele falou. Se o Prefeito não exonerasse haveria uma desmoralização. A minha sugestão é que Gomes possa ser chamado para comparecer à Casa Legislativa”. “Quero convidar a todos para a posse do novo Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores, e eu estarei assumindo de forma honrosa a missão de coordenar o partido. Estou extremamente motivado”. Será no próximo domingo, às 9h. Afirmou Luciano Sérgio.

O líder do governo, Ozeas Menezes iniciou a sua fala com as seguintes palavras: “É um momento de, talvez, instabilidade, mas politicamente estamos vivendo uma rotina onde sempre ocorreu esse desmantelamento em relação a alguns grupos que querem se apoderar em um contexto maior em alguns governos, isso não ficou diferente com o PV. Respeito muito as lideranças do PV…”. O líder também falou, entre outros assuntos, do caso recente do óbito de uma criança na maternidade, garantindo que já conversou com o Secretário de Saúde, Rodrigo Matos, e que já foi aberta uma sindicância para investigar o fato. “Em relação à privatização do SAAE o que se fala aqui tem que provar. Não vamos colocar o grupo do governo contra a população”.

O vereador Luciano Almeida, em determinado momento interviu: “Aqui ficou bem claro, desde o início da legislatura que todos os requerimentos que tem sido colocados nessa Casa para realização de audiências públicas, para indicação, têm sido aprovados e respeitados, mas a partir do momento que queira transformar essa casa num palco de politicagem, querendo trazer um desgaste que não existe pro governo…eu não vou deixar que essa casa se transforme em palco de politicagem!”

O regimento interno é claro: “A tribuna popular é específica para ser utilizada por partidos políticos, entidade civil organizada, associações de bairros e sindicatos. O representante legal do PV pode utilizar a tribuna.” Ressaltou o Presidente Roberto Torres.”

A próxima sessão ordinária será destinada ao Diretor da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito, para apresentação das propostas para os próximos quatro anos de governo.

Ascom – Câmara Municipal de Alagoinhas

Deixe uma resposta