Continua a luta em defesa da Unidade Regional da Embasa em Alagoinhas

Publicidade 2

Embasa em AlagoinhasDurante visita do Governador Rui Costa na cidade para assinatura de ordem de serviço e inauguração de obras, trabalhadores (as) da Unidade Regional de Alagoinhas (UNA) foram recepcioná-lo com faixas e panfletos pedindo apoio contra o fechamento da unidade.

A direção do Sindicato entregou nas mãos do governador um estudo elaborado pelos próprios empregados da unidade e anexo outros documentos como abaixo assinado da população da cidade, moção de repúdio por parte dos Territórios, entre outros. Um exagero ter que desativar a unidade por questões políticas para criar outra unidade regional em Serrinha a 60 km distantes da UNF (Feira de Santana). Somos favoráveis a criação de outras unidades, desde que não condicionadas à extinção de outra. Aproveitamos para informar ao governador Rui Costa que se trata de um verdadeiro erro político, administrativo e estratégico da Diretoria do Interior (Embasa) desativar a unidade localizada sobre um lençol freático que possui a segunda melhor água do planeta, o que tem atraído indústrias de cerveja para a região. O governador se comprometeu a fazer uma leitura sobre o documento recebido, embora não tenha emitido nenhuma opinião sobre o assunto.

A comissão criada para fazer os estudos de impacto sobre a extinção da UNA e criação de outra unidade no município de Serrinha teve seu prazo de atuação renovado. O Sindicato enviou um oficio solicitando inclusão de um trabalhador da unidade em questão e um profissional do Serviço Social da empresa, mas o pleito não fora atendido, mesmo com a prorrogação do prazo de atuação da comissão.

Receberemos com grande surpresa caso o estudo aponte viabilidade para a extinção de uma unidade que há 45 anos nunca tenha sido um problema para a gestão da empresa. No mesmo evento, fizemos contato com prefeitos da região que sinalizaram apoiar a permanência da unidade que tem se destacado por atingir as metas estabelecidas. Com exceção de Inhambupe não manifesta interesse pela continuidade da prestação do serviço da Embasa naquela localidade.

Aproveitamos para convocar os trabalhadores (as) de outras localidades a apoiar a luta que os (as) companheiros (as) da unidade ainda terão que enfrentar.

Fonte: http://www.sindae-ba.org.br

Deixe uma resposta