Vereador Pastor Lins busca reabertura do Tiro de Guerra, em Alagoinhas

Publicidade 2

Pastor LinsO vereador Pastor Lins (PPL) na Câmara de Vereadores de Alagoinhas (BA), apresentou requerimento na sessão ordinária da última terça-feira, 2, solicitando reabertura do Tiro de Guerra de Alagoinhas.

O requerimento foi aprovado por unanimidade. Na oportunidade, o vereador Pastor Lins propôs juntamente com a Comissão de Segurança, visitarem o Tiro de Guerra, no sentido de encontrar uma solução para viabilizar o retorno do serviço militar. 

“Tratar da reabertura do Tiro de Guerra em Alagoinhas, é pensar muito além da formação militar, mas também tem um aspecto social, moral, de segurança, e preparação profissional de nossos jovens, além do importante instrumento de cidadania e valores morais”, disse. 

O Tiro de Guerra/TG, distribuídos em vários Estados do Brasil, constitui experiência de sucesso no cumprimento da missão de formar reservistas de 2ª categoria e fixar jovens em suas cidades de origem. Órgão de formação de reserva que possibilitam aos convocados, prestarem o serviço militar inicial nos municípios onde estão habitando. Desse modo, os jovens convocados recebem instrução, conciliando-a com o trabalho e estudo. O período de permanência do atirador é de 06 a 10 meses, participando das atividades especificas das Forças Armadas, e, ao término do referido período, será documentado e licenciado das fileiras do Exercito.

Uma Audiência Pública será realizada na quarta-feira, 24, ás 14h, no Plenário da Câmara Municipal de Alagoinhas, que fica na Rua Philadelfo Neves, em frente ao Centro de Cultura. O evento contará com a presença de autoridades que juntas debaterão o assunto. O Tiro de Guerra está fechado desde o início de 2017, por falta de apoio. 

Luciano Reis Notícias

Deixe uma resposta