Política

Alagoinhas – Campanha da Fraternidade é marcada por autoridades religiosas

Sessão Especial da Campanha da Fraternidade é marcada por autoridades religiosas e técnicos da área ambiental.

A Sessão especial que aconteceu na última terça-feira (04) na Câmara Municipal de Alagoinhas, teve como abordagem a Campanha da Fraternidade 2017, cujo tema é “Biomas Brasileiros e a defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação”. A campanha é realizada todos os anos pela Igreja Católica do Brasil.

Na oportunidade, o Presidente Roberto Torres deu início à sessão ordinária transformando-a em especial – conforme preceitua o Regimento Interno da Casa, passando a palavra para o vereador autor do requerimento 024/17, Luciano Sérgio.

Na sequência, Luciano convidou algumas representações para compor a mesa: Padre Silvano Moura, Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, Regina Silva, Presidente do Conselho do Idoso, Dailson Ramalho, representante do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, João Maria, Pastor da Igreja Batista Belém, Tárcio Mota, Coordenador do Centro de Cultura de Alagoinhas e Clélio Mendes, ex-vereador e autor do Projeto de Resolução 272/07, que instituiu a sessão especial para discutir a campanha da fraternidade na Casa Legislativa.

O vereador Luciano Sérgio discorreu a sua fala contextualizando a campanha, criada no ano de 1963, e os seus objetivos, com a finalidade de despertar o espirito comunitário e buscar o bem comum, a partir da justiça e do amor em busca de uma sociedade solidária.

Os integrantes da mesa fizeram considerações acerca da atenção ao bem coletivo e em relação à importância do meio ambiente e a necessidade de preservação, mais especificamente no tocante às lagoas de Alagoinhas. Por fim, o Padre Silvano Moura convocou todos os presentes para a oração oficial da campanha da fraternidade 2017.

“Como resultado do encontro de hoje, definimos alguns importantes desdobramentos: faremos um debate interno com todos os vereadores, convidaremos a comissão que está coordenando a campanha da fraternidade e discutiremos o Plano de Saneamento Ambiental. Posteriormente, pretendemos realizar uma audiência pública envolvendo todos os segmentos interessados para tratar desse tema. A ideia é reunirmos toda a legislação ambiental que temos e colocarmos na prática. Dos mais de 5.000 municípios do Brasil, Alagoinhas é, sem sombra de dúvidas, um dos que mais avançou do ponto de vista da legislação: temos o Código de Meio Ambiente, o Plano Municipal de Saneamento, construído com ampla participação popular durante o governo de Joseildo e chancelado pela Universidade Federal da Bahia (há quase nove anos este plano não é atualizado, por conta disso o município corre o risco de deixar de receber recursos para o saneamento), entre outras. Não mediremos esforços para colocar em prática soluções que melhorem a qualidade de vida do povo de Alagoinhas.” Afirmou Luciano Sérgio.

Ascom – Câmara Municipal de Alagoinhas

Ultimas Notícias