Notícias de Alagoinhas Últimas notícias

SAAE teve avanços positivos nesses primeiros três meses de gestão

A nova Direção do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Alagoinhas (SAAE) completou os três primeiros meses à frente da gestão registrando números positivos em todos os setores, a começar pela arrecadação, que saltou de uma média de R$ 2 milhões para mais de R$ 2,5 milhões no mês de março, mas ainda insuficiente

Esse incremento de receita se deu em função de uma série de ajustes administrativos e financeiros, bom uso dos recursos arrecadados, investimento em setores fundamentais e adequação aos limites de gastos comportados pela arrecadação.

Essa melhoria proporcionou à nova Gestão a retomada do pagamento de contas em dia, a exemplo da Coelba, negociação com o INSS, Pasep e pagamento mensal desde o primeiro mês do ano, renegociação de dívidas com credores da administração passada e inúmeros passivos herdados e que estão sendo saudados paulatinamente.

E mesmo assumindo esses pagamentos e honrando todas as dívidas pendentes, a nova Direção do SAAE conseguiu avanços significativos na vida dos servidores, como um contrato emergencial para o plano de saúde, garantindo o bem-estar de todos.

Mesmo melhorando significativamente sua arrecadação e seus investimentos, o SAAE ainda tem um longo caminho pela frente até sanar os débitos de R$ 14 milhões deixados pela administração anterior, cuja responsabilidade jurídica deverá ser apontada após a conclusão de uma auditoria que está sendo realizada e que deverá ser instrumento de processos jurídicos e administrativos.

Com um incremento de 12% na receita ficou estabelecida pela nova Direção um novo teto para os próximos meses, de 25%, até alcançar os 50% considerados importantes nesse momento.

Isso deverá ser feito com o pacto firmado entre os trabalhadores de resgatar a autarquia, e a aquisição de 35 mil novos hidrômetros que serão instalados progressivamente em cerca de 12 mil imóveis – novos e usados – que nunca tiveram contagem regular de consumo, pagando a conta mínima, bem como em condomínios que ainda não se regularizaram.

A instalação desses novos equipamentos deve proporcionar um acréscimo de 25% na receita nos primeiros meses, mas a aquisição dos 35 mil hidrômetros será de acordo com a demanda, uma vez que existe uma estimativa de construção de seis mil imóveis na cidade.

A autarquia tem como única fonte de receita o pagamento das contas de água. O valor cobrado tem uma defasagem grande, pois, nos últimos oito anos foram aplicados apenas três reajustes. Mesmo assim, estamos trabalhando para manter os atuais valores, sabendo da situação geral por que passa o País.

Quando a nova Direção assumiu encontrou uma discrepância de 35 rotas sem leitura de hidrômetro, o que caracteriza como renúncia de receita, debilitando ainda mais o caixa da autarquia.

O novo modelo de gestão de rotas está sendo planejado juntamente com o plano de expansão de instalação de novos hidrômetros, de acordo com a capacidade de aquisição desses equipamentos.

Das quase 50 mil ligações existentes atualmente, cerca de 12 mil para realizar cadastramento, ou seja, não há pagamento sobre o consumo, definhando a receita e produzindo despesas na autarquia.

Ao longo desses 90 dias a nova Direção, coordenação e alguns servidores da autarquia tiveram a oportunidade de visitar as bases de captação e tratamento de esgoto. São 63 bases locais, todas elas em completo estado de abandono, com gradís, cercas, instalações elétricas e hidráulicas completamente sucateadas. A recuperação dessas bases será feita progressivamente, de acordo com o incremento na receita previsto.

O atendimento ao público melhorou sensivelmente. O Posto de Atendimento, 0 800 e o WhatsApp, além de uma página no Facebook e um site recém lançado, dão ao consumidor um leque de comunicação abrangente, diminuindo a distância entre o serviço e o consumidor final, embora seja necessário continuar esse processo de melhoria.

Para dar mais transparência e lisura ao trabalho licitatório, os pregões passaram a ser transmitidos ao vivo pela internet, dando ao público a oportunidade de ter imagem e som de todo o processo, além da comunicação que será agregada à publicidade nos veículos de comunicação da cidade.

Muitas outras demandas estão em processo de resolução, quebrando alguns vícios e dando maior agilidade nas demandas diárias. É um desafio grande restabelecer a confiança e o conceito da comunidade ao SAAE, mas vamos trabalhar incessantemente para minimizar os problemas encontrados e dar à autarquia a credibilidade de 52 anos de serviços prestados.

É um compromisso da nova Direção e dos servidores do SAAE.

Fonte: Ascomsaae

Ultimas Notícias